Paulo Roberto é Pedagogo, Sindicalista e Petista.

Minha foto
Dever cumprido é fruto da ousadia de um velho militante das lutas democráticas e sociais do nosso Brasil, que entende que sem uma interação rápida, ágil, eficiente e livre com o que rola pelo mundo, a democracia é pífia.

terça-feira, 1 de junho de 2010

OS PROFESSORES DA UNIG NÃO ESTÃO BRINCANDO





Se os donos da UNIG estão brincando, os professores não. Eu fico matutando, se a UNIG tiver salvação, como vai ser a relação dos novos gestores com os seus empregados, os professores? O descrédito é total, todas as vezes que tivemos com o Sr. Antonio José, 5 de fevereiro até hoje, ele prometeu algo e não cumpriu. Já imaginaram o caos, o chefe manda e os subordinados não lhe dão o mínimo crédito. Onde vai parar isso?
Amanhã teremos mais uma assembléia e aos professores não é dada nenhuma outra alternativa a não ser uma nova paralisação. Lamentamos muito pelos estudantes, principalmente pelos formandos, mais o que fazer? Ninguém quer professor trabalhando como escravos, ou querem?
A irresponsabilidade dos novos donos da UNIG é inacreditável os professores só querem receber o mês de abril e os próximos meses em dia, deixando para uma outra negociação 21 folhas de pagamento e nem esse mínimo os caras querem pagar.
Alguns pais de estudantes têm postado aqui no blog que querem buscar uma saída, se querem mesmo só sentando e conversando olho no olho, via blog, email e telefone não são possível, não existe formulas prontas, elas precisam ser construídas.
Os estudantes Também, não estão nem aí, só não querem que os professores parem, pois não podem ser “prejudicados” mais se deliciam com um recesso absurdo como esse do dia 04/05, depois de tantos dias parados. Não se postou um comentário se quer aqui no blog contra essa “folga”. Quantos estão realmente preocupados com o conteúdo pedagógico, com o calendário escolar? Não sei.
Eu sei que amanhã temos uma assembléia e se a “dona” UNIG não puser nada na conta dos professores até lá, não vai dar outra, é uma nova paralisação.
Portanto Sr. Antonio José o que vier a acontecer a RESPONSABILIDADE, mais uma vez, é sua.
Data da assembléia: 02/06/2010     Horário: 13h:30min   
Local: Edifício Poli-Center, Rua Tomaz Teixeira dos Santos, 98 no salão de reuniões. Sobe-se no elevador até o 4º andar e mais um lance de escada.
Alguns endereços para monitoramento da categoria:
Me acompanhe no twitter: http://twitter.com/paulorobertopg
Blog do SINPRO NNF:http://sinpronnf.blogspot.com
Acompanhe o SINPRO no Twitter: http://twitter.com/sinpronnf

37 comentários:

  1. EU JURO SO QUERIA TERMINAR O PERIODO MAS Tá DIFICIL!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Caramba esse povo só pode estar de brincadera... tem gente que precisa formar não pode ter uma nova greve acho que sim os professores precisa receber, mais isso deveria aconteçer em julho para agosto pois os alunos q vão se dana os professores tmb deveria pensar nos alunos pois eles não tem nada a ver com isso, pq não deixa isso pra começo do periodo que vem ai acho que nem os professores nem os alunos não sai tão prejudicados!!! vamos terminar esse periodo pelo amor de Deus!!

    ResponderExcluir
  3. Paulo desista...
    O coordenador de Medicina já afirmou que não vai mais haver greveee esse semestre...
    Para com a PALHAÇADA... deixa terminar o periodo...

    ResponderExcluir
  4. Sr. Paulo, não é que os alunos não se importem. O que acontece é que são tantas informações desencontradas que ficamos perdidos. O que podemos fazer? Se tivermos uma orientação acredito que muitos de nós tentaremos mais do que ficar como meros observadores. Muito tem ajudado este blog, afinal, dentro da Unig ninguém se dá ao trabalho de nos passar uma informação. Medo todos os alunos tem, pois não é fácil fazer um investimento em um curso e agora nos depararmos com a possibilidade de´, na melhor das hipóteses, perder o período. Estamos solidários com funcionários e professores, ninguém trabalha sem receber, mas precisamos de orientação. O que podemos fazer para ajudar?

    ResponderExcluir
  5. Sr Paulo,
    Entendo o que o Sr quis dizer com relação ao recesso dessa semana e o silêncio dos alunos, mas como nós podemos fazer alguma coisa se o que está em questão é justamente o trabalho escravo dos professores? Não podemos reclamar, não porque não estejamos preocupados com calendário, é que seria demais exigir aulas em feriado na situação em que se encontram os professores. Por nós, pelo menos a maioria, é claro que teria aula a semana toda, aliás, para alguns, eu por exemplo, aceitaria ter aula até no sábado se isso fosse resolver o problema de reposição das aulas. Infelizmente não é o caso, já que, como o senhor mesmo acabou de postar, o mais provável é uma nova paralisação. Se não houvesse possibilidade de nova paralisação acredito que os alunos reivindicariam sim contra o recesso dessa semana.

    Aluno de odontologia

    ResponderExcluir
  6. Professor é verdade que a medicina nao vai entrar mais na greve?

    ResponderExcluir
  7. Se vai ter greve ou não são os professores da UNIG que vão decidir, eu sequer voto na assembléia. Agora sejam claros, vocês querem trabalho escravo para os seus professores? Respondam isso objetivamente.
    O coordenador de medicina não disse que não vai haver mais greve, pelo menos eu estive com ele ontem à tarde e não ouvi nada disso de sua boca, ele disse-me que vai reunir os professores e deixa-lo à vontade. Nada diferente do que se espera de uma pessoa de conduta ilibada como o Dr. Eugenio.

    ResponderExcluir
  8. Sr. Paulo é verdade que o Dr. Eugenio Carlos falou que não iria aderir ao movimento ? Acho que nós professores deveríamos conversar com ele sobre isso. Caso a UNIG não pague vai haver uma nova greve sim, inclusive dos professores da medicina, eles são professores e estão sem receber igualmente a nós. E tenho certeza que em respeito ao sindicato vão nos apoiar sim, caso haja nova paralização.
    Att

    ResponderExcluir
  9. Sr. Paulo,

    Você e os professores estão completamente errados. Vocês querem ação dos alunos??
    Pq? É a gente que está sem receber??
    - Primeiro, a única função nossa perante a faculdade particular é PAGAR. Pelo o q eu sei a gente faz.
    - Segundo, a gente pagando, a gente tem DIREITO a ter aulas.
    - e Ponto e acabou!!!

    Agora se vcs não estão recebendo VCS SIM que tem que tomar providência, fazer protestos, vcs sim que tem paralizar a cidade e mto mais q isso! Pq é na conta de vcs, se não querem ser escravos, tbm acho isso um absurdo, façam vcs alguma coisa.
    Não é direito ng interferir no direito do outro. Se eu pago eu tenho direito ás aulas. Agora se vc não recebe faça alguma coisa sem prejudicar ng.

    E se vcs se acham palhaços, pode ter certeza, que nós alunos estamos sendo mil vezes mais... pq nós somos os únicos que realmente fazemos o nosso trabalho PERFEITAMENTE.

    Ou o senhor acha que ''nessa volta da greve'' os professores estão dando aulas perfeitamente?? Se o senhor pensa que eles vão dar tda a matéria, exatamente do jeito que seria dada antes, o senhor me desculpe mas quem pensa isso é completamente ALIENADO!

    E o senhor não devia ter postado que pra alunos tanto faz, que a greve foi uma questão de férias antecipadas, um feriado prolongado. Eu não quiz isso, e a minha sala inteira do 4 período não quiz e não quer essa brincadeira de mau gosto. Nós queremos aula, nós queremos matéria!!!
    Eu pago por isso!

    É mto fácil vcs falarem da gente, com certeza interferir na vida dos outros é mais fácil.

    Mas aki vai o meu conselho pra vc e pra todos os professores que querem parar DINOVO: CUIDEM CADA UM DO PROBLEMA QUE TEM, PAREM DE ATRAPALHAR A ÚNICA CLASSE QUE FAZ O SEU PAPEL DIREITO NAKELA ''NOVA UNIG'',ACHEM O QUE FAZER SEM PREJUDICAR NÓS ALUNOS.

    ResponderExcluir
  10. Sr Paulo procure se informar um pouco sobre oq é trabalho escravo, Trabalho escravo é quando o indivíduo não pode abandonar o "emprego", ele é obrigado a trabalhar naquele lugar e obedecer a seu dono.
    No caso da UNIG a anos os professores trabalham ali, portanto eles tem 22 folhas de pagamentos em aberto... Ao ver que a Universidade não pagava em dia, eles já poderiam ter pedido demissão a muito tempo e com a demissão não precisavam ter esse monteeee de salários atrasados. Eles ficaram até hj por livre e espontanea vontadeeee, pois caso quisessem pedir demissão não precisariam comprar uma CARTA DE ALFORRIA... Analise os fatos, reflita sobre isso, as portas da UNIG sempre estiveram abertas, se eles quisessem sair poderiam ter saidooooo...
    Então de fato não se trata de Trabalho Escravoo, nós alunos queremos apenas q eles terminem o semestre, realmente isso correrá com salários atrasados, porém os professores sempre aceitaram isso.

    Repito:
    NÃO É TRABALHO ESCRAVO, ELES SEMPRE PUDERAM SE LIBERTARRRRRR E NÃO QUISERAM... SERÁ PQ?

    Obrigado Paulo.

    ResponderExcluir
  11. Paulo, pelo que me consta, conversei com varios professores e coordenadores e a resposta foi a mesma, não vai ter nova greve, a única coisa de concreto que existe é que vai haver essa nova assembléia, então para de falar que vai ter nova paralisação vc mesmo disse, vc não vota entao nã faça demagogia. Se são os professores que decidem e esses mesmos já disseram que nao haverá nova greve não vejo motivos para vc ficar fazendo terror aos alunos no seu blog. Mesmo porque se tivesse nova greve agora em meio ao vencimento de novas mensalidades mais uma vez os alunos não iriam paga-las e com isso ficaria mais dificil ainda o pagamento dos mesmos. O que te peço e que se são os professores que decidem e são eles mesmos deixe para falar ou não de greve caso eles decidam pra isso. Mesmo porque diz o ditato que não se pode contar com o ovo dentro da galinha!!!

    E to falando como Professor e Aluno, porque sou as duas coisas!!!


    Sem mais agredeço desde já e te peço para publicar meu comentário...

    ResponderExcluir
  12. Generalizar, falando que os alunos não ficaram preocupados com o recesso é no minímo uma falta de respeito para com nós, alunos. Todos sabemos que a UNIG é conhecida pela falta de organização, entre outras "qualidades" e agora essa maldita greve, que nos assombra. A maioria dos colegas da universidade que tenho conversado, concordam que é um absurdo o atraso dos salários, mas todos estão com medo de mais uma paralisação e o prejuízo ser maior que o já alcançado por essa paralização.

    Essa paralização não benificiou ninguem, não existiu vitória e os maiores prejudicados foram os alunos.

    ResponderExcluir
  13. Alguns professores de medicina falaram em aula que a nova greve é questão de tempo.
    Acho coerente que a grvee retorne ao fim do período letivo, entretanto, não há absolutamente nenhum argumento que eu possa utilizar aqui para defender minha opinião a não ser por questões pessoais. Mas essas questões não valem nada quando comparado à injustiça que é esse verdadeiro trabalho escravo.

    Yulo Karo.

    ResponderExcluir
  14. mas nao é isso q esta acontecendo senhor paulo. O coordenador d medicina afirmou hj para o direitorio academico q podemos ficar despreocupados q os professores nao irao aderir a nova greve, se essa ocorrer e acabaremos nosso periodo na santa paz... se com o senhor ele falou o contrario, ta havendo uma divergencia d informaçoes ai entao ne.. vindas da mesma fonte

    ResponderExcluir
  15. "Quantos estão realmente preocupados com o conteúdo pedagógico, com o calendário escolar? Não sei. "

    Uma breve pesquisa aos alunos responderia que a maioria está preocupada sim. E sr, Paulo, está?

    Não queremos trabalho escravo dos professores, mas há de ser tomada uma atitude sensata, não acha?
    Num é momento de tomar uma decisão tão drástica como uma greve agora. Aí sim seria ter um periodo realmente perdido.
    E mais, outros professores de alguns cursos receberam.. É justo que estes professores QUE RECEBERAM parem???

    Além disso, o sr disse que as reuniões passadas não reuniam nem 50 professores. Ou seja, nem 1/5 do total. Mas que quorum de votação é esse?
    De 1/5, talvez 51% desses votassem por mais ou menos 250 professores? É justo isso também?

    ResponderExcluir
  16. SAIBAM QUE EM NOVA IGUAÇU ELES NAO PAGARAM NINGUEM,MEDICINA, ODONTO, DIREITO, TA TUDO PARADO AQUI ENTAO ITAPERUNA VAI PARA O MESMO CAMINHO, OU SEJA A DESGRAÇA DOs ALUNOS E PROFESSORES.SÓ DEUS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!ESTUDANTE DO 9º PERIODO DE DIREITO!!

    ResponderExcluir
  17. Os alunos reclamaram sim da falta de aula.. ninguém tá gostando da "folga" não! Se vocês não trabalham e resolvem fazer greve... a unica coisa que estamos podendo fazer é sentar e esperar vocês resolverem entre vocês professores e a Unig, já tentamos.. e nada! Assembléia de alunos e professores nunca aconteceu... Só temos algumas notícias vagas sobre a greve! Então, não jogue as coisas p cima dos alunos não! Estamos querendo sim que se finde essa greve, enquanto isso, esperamos vocês serem pagos!

    ResponderExcluir
  18. Quero aulas de AIDPI da Rosa Brum do Bruno de Embriologia, da Sarah de Microbiologia, do Ralph de DIP do Romário de Neuro senão eu não vou conseguir formar!

    ResponderExcluir
  19. Não. Itaperuna não vai pelo mesmo caminho. Tá na hora de parar com esse terrorismo. A melhor colocação foi do colega lá de cima. Não existe trabalho escravo. Quem não está satisfeito, que se demita, ou, que tivesse se demitido no primeiro atraso. Nós cumprimos com nossas obrigações: pagamos. Tenham a hombridade de cumprir a de vcs. A instituição não paga e a gente é que "paga o pato"? Resolvam lá com ela. Chega de alunos histéricos e professores terroristas. O tristemente engraçado é que aqueles vários funcionários que pegam no pesado devem estar sem receber também e lá estão todo dia cumprindo com suas obrigações não para desfilar de carro, comprar roupa de marca, mas para sustentar suas famílias. E lá estão trabalhando, sempre cumprimentando sorridentes aos que tem a educação de cumprimentá-los. Um bando de professores que tem muitos outros meios para se sustentar reclamando. Esses funcionários sim, estão em trabalho escravo, pq muitos, se perderem esse trabalho terão muita dificuldade para conseguir outro. Mundo de mesquinharia!

    ResponderExcluir
  20. Caro companheiro, estou ás véspera de completar 60 anos de idade e realizar um grande PASSO em direção a magistratura; e deixar para os meus netos um diploma de Dr. como lembrança e incentivo após minha etapa nesse mundo desiqual, e o amigo diz q estamos gostando da situação atual da "NOVA UNIG" que barbaridade! existem as excessões, e assim como quero meu sonho, os professores os salários que são deles por direito e com toda a razão.
    PS:Professores da unig, CORAGEM!!! ALUNOS, CORAGEM!

    ResponderExcluir
  21. O coordenador de medicina garantiu que medicina não entrará em greve!!!
    Os outros cursos todos entraram e nos teremos aula e o fim do periodo...

    ResponderExcluir
  22. Não estou entendendo o porque de tanta revolta Paulo.
    Acho hilário você dizer que nós alunos não fazemos nada, que só reclamamos através do seu blog ou por e-mail ou telefone e mais engraçado ainda é você dizer que não nos preocupamos com o calendário e que adoramos as férias antecipadas.
    Nossa obrigação nós cumprimos todo mês, que é pagar essa faculdade e não tem mais NADA que possamos fazer. Como disseram nos comentários anteriores, trabalho escravo é aquele em que o individuo não pode abandonar o barco, é obrigado a trabalhar e os professores que têm diversas folhas de pagamento atrasados não saíram até hoje porque não quiseram e não porque eram obrigados a ficar.
    Os professores no mínimo em respeito aos alunos, deveriam terminar esse período. Vocês estão prejudicados com a falta de pagamento e se houver essa greve novamente, nós alunos seremos mais uma vez prejudicados pelo fato de perder o período e de ter jogado dinheiro fora. Então para não haver mais prejudicados nessa historia na qual não temos parcela nenhuma de culpa, continuem dando aula e depois decidam o que vão fazer com o problema de VOCÊS.
    E só para deixar claro: não sou a favor de trabalhar sem receber mas já fizeram uma greve e de nada adiantou, então mais uma vez, EM RESPEITO A QUEM NÃO TEM NADA A VER COM ESSE PROBLEMA DOS PROFESSORES E CUMPRE SUAS OBRIGAÇÕES (pagar todo mês), TERMINEM O PERÍODO E DEPOIS CADA UM FAZ O QUE MELHOR LHE CONVIR.


    Fernanda Abreu - Med. Vet.

    ResponderExcluir
  23. A escravidão é a prática social em que um ser humano tem direitos de propriedade sobre outro designado por escravo, ao qual é imposta tal condição por meio da força. Em algumas sociedades desde os tempos mais remotos os escravos eram legalmente definidos como uma mercadoria.
    O dono ou comerciante pode comprar, vender, dar ou trocar por uma dívida, sem que o escravo possa exercer qualquer direito e objeção pessoal ou legal, mas isso não é regra. Não era em todas as sociedades que o escravo era visto como mercadoria: na Idade Antiga, haja vista que os escravos de Esparta, os hilotas, não podiam ser vendidos, trocados ou comprados, isto pois ele eram propriedade do Estado espartano, que podia conceder a proprietários o direito de uso de alguns hilotas; mas eles não eram propriedades particulares, não eram pertencente a alguém, o Estado que tinha poder sobre eles. Na antiguidade também foi comum a escravização de povos conquistados em guerras entre nações. Enquanto modo de produção, a escravidão assenta na exploração do trabalho forçado da mão-de-obra escrava. Os senhores alimentam os seus escravos e apropriam-se do produto restante do trabalho destes.

    Sr. PAULO

    ENTÃO NÓS ALUNOS NÃO PODEMOS TER MAIS UMA PARALIZAÇÃO, SEI QUE VOCE NÃO DECIDE NADA, MAS PRECISAM ENTENDER, E ACIMA DE TUDO TER A NOÇÃO DO GRAVE PREJUÍZO QUE ESTA NOVA GREVE IRÁ CAUSAR PARA NÓS ALUNOS.
    PRECISAMOS TERMINAR O PERÍODO, DEPOIS QUERO AFIRMAR UMA COISA, POUCA COISA IRÁ SOBRAR NA UNIG, POIS TEREMOS UMA SAÍDA EM MASSA DOS ALUNOS, E QUERO DAR UM CONSELHO AOS PROFESSORES FAÇAM O MESMO, MAS NÃO VENHA ME FALAR EM TRABALHO ESCRAVO POR PARTE DO PROFESSORES, POIS ISSO É INACEITÁVEL.
    TAMBÉM VEJO QUE O SENHOR FOI CONTAMINADO PELO SENSO CRÍTICO AQUI DESTE BLOG, DIZENDO COISAS INSANAS, POIS A LEITURAS DE TANTAS BESTEIRAS QUE ESCREVERAM AQUI ESTA TE AFETANDO TAMBEM.
    QUERO QUE SAIBA QUE O ALUNO QUE TRABALHA E GANHA SEU SUADO SALÁRIO PARA PAGAR A FACULDADE ESTÁ SIM MUITO PREOCUPADO COM ESTA SITUAÇÃO, MAS NÃO VEJO FUNDAMENTOS EM VOCE FAZER CRÍTICAS AOS ALUNOS, VAMOS COM CALMA SR. PAULO.
    NÃO É HORA DE CRIARMOS CONFLITOS, SEI DA GRANDE PRESSÃO QUE ISSO TUDO GERA PARA TODOS. MAS PRECISOS UNIR VALORES E JUNTARMOS AS FORÇAS.
    POR FAVOR, TERMINAMOS O PERÍODO E AÍ SIM SÓ VOLTEM QUANDO TERMINAREM RECEBEREM CADA CENTAVO QUE A UNIG DEVE PARA VOCES.O QUE EU ACHO MUITO JUSTO.

    GLAUBER FERNANDES REIS – ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

    ResponderExcluir
  24. Genti não vai ter GREVE mais, pode até ser que essa meia dúzia de professores q vão a reunião votem por greve, mais os outros professores não irão parar, em FARMÁCIA já foi afirmado que não haverá outra greve...
    Deixa o Paulo fazer reuniões a vontade... em toda reunião ele escreve que é dia de Decisão e nunk se decide nadaaaa....

    ResponderExcluir
  25. Medicina não vai parar!Dr Eugênio acabou de afirmar no campus!

    ResponderExcluir
  26. cambada de a toa esses professores fanfaroes nao quererm trabalhar mais na uhig vaza agora nao tumutue o fim do periodo

    ResponderExcluir
  27. "EM RESPEITO A QUEM NÃO TEM NADA A VER COM ESSE PROBLEMA DOS PROFESSORES E CUMPRE SUAS OBRIGAÇÕES (pagar todo mês), TERMINEM O PERÍODO E DEPOIS CADA UM FAZ O QUE MELHOR LHE CONVIR".
    Como disse a Fernanda não temos nada a ver com os alunos com relação ao problema, então temos o direito de parar novamente pois a direção não faz o pagamento!

    ResponderExcluir
  28. Paulo como q vc vai dar notícia de nova grevee...
    vaiiii...
    Seu blog perdeu o conceitoooo...

    ResponderExcluir
  29. Dr. Eugenio reafirma: MEDICINA NAO ENTRARA EM GREVE!!!!!!!!!!!!!!!!!
    ALUNO MEDICINA

    ResponderExcluir
  30. E a reunião como foi?

    ResponderExcluir
  31. O curso de Direito,não entrará em greve, isso foi o que me passaram.

    ResponderExcluir
  32. Galera o Eugenio Carlos pediu por favor para nao ficar acessando esse blog, ele foi em todas salas e garantiu que não haverá greve e que medicina nunca quis entrar.
    Que os outros cursos fiquem descansando, nós iremos estudar... huahauaha

    ResponderExcluir
  33. O Dr Eugenio carlos disse para pararem de acessar blog sensacionalista, não terá mais greve e ponto!

    ResponderExcluir
  34. e essa assembleia acaba ou nao acaba?

    ResponderExcluir
  35. /ao contrário do q disse na matéria eu como aluno me preocupo, mas a maneira de pressionar é não efetuar pagamento, já q o contrato de prestação de serviços não esta sendo cumprido.Ao fazermos isso piorariamos as coisas pra os professores o qu tb não seria justo. Acho q no momento o governo junto com seus inoperantes e honeráveis órgãos tem q intervir, já q o curso foi por eles reconhecido. Como proprietário de empresa digo q se atrasar o salário de meus funcionários eles param de imediato, isso já deveria ter ocorrido na UNIG a muito tempo. Os professores foram lentos em suas ações e a direção e coordenaçao da UNIG inidôneos, já q muitos,mesmo sem ter outra renda (Declarada) estão de carro importado de mais de 100 mil reais.. Se'rá q ninguém vê isso? ou tem muita gente ganhando pra nuam fiscalizar?? Abraços e parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  36. Guilherme de Souza Nery2 de junho de 2010 15:39

    Cumpanhero cada vez que acesso seu blog fico mais chateado com a situação da unig, gosto da instituição e nela pretendo me formar em médico veterinário no meio do ano que vem (bem se não continuarem com essa palhaçada de promessas não cumpridas).
    Infelizmente ficamos parado em torno duns 45 dias pra nada, pois a incompetência administrativa dos "novos" donos dessa faculdade que si diz maior campus fechado é maior do que qualquer outra forma de expressão ( falada ou escrita ).
    Fiquei feliz quando as aulas retornaram como sou brasileiro a esperança é a última que morre.
    Semana puxada e tensa.....

    Mas vamos ver onde esse barco sem comandante e cheio de tripulação irá parar

    Otimo feriadão pra todos e que o "novo" dono se conscientize que professor precisa comer, beber e tem conta pra pagar

    ResponderExcluir
  37. Paulo, o q foi decidido na reunião?
    Porque não tivemos nenhuma noticia mais?
    Não dê bolas pras críticas, seu blog é a única fonte de informação, está de parabéns na luta pelas informações.
    Deus te abençõe e a todos nós.
    Saúde a todos.

    ResponderExcluir