Paulo Roberto é Pedagogo, Sindicalista e Petista.

Minha foto
Dever cumprido é fruto da ousadia de um velho militante das lutas democráticas e sociais do nosso Brasil, que entende que sem uma interação rápida, ágil, eficiente e livre com o que rola pelo mundo, a democracia é pífia.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Itaperuna: Seminário de Lançamento da Revisão do Plano Diretor Participativo

Em Itaperuna, RJ, aconteceu nesta quinta-feira (25), Seminário de Lançamento da Revisão do Plano Diretor Participativo, promovido pela Prefeitura de Itaperuna, através da Secretaria Municipal de Planejamento. O evento, que contou com a presença do prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues – Alfredão – e demais autoridades, foi realizado no auditório da Firjan Noroeste Fluminense.
O secretário Municipal de Planejamento, Manoel Faria de Souza Júnior, destacou a importância do momento, já que a colaboração de todos, na construção de uma cidade socialmente justa e ecologicamente correta, é de extrema importância. Ele ainda reforçou o fato de ser uma oportunidade ímpar, para que a cidade seja ouvida e possa assim, difundir sua vocação.
Já o prefeito Alfredão agradeceu a presença de todos os atores envolvidos no processo e aproveitou o ensejo para falar de recentes conquistas para o município de Itaperuna.
– É importante destacar que há uma série de obras sendo realizadas no município. Além da obra da Vinhosa [que visa sanar os problemas das chuvas que ocasionam alagamentos constantes naquela região], o município está sendo considerado a Cidade das UBS, devido as inúmeras construções de Unidade Básica de Saúde em bairros e distritos. Ainda temos homens e equipamentos espalhados pela cidade, asfaltando diversas ruas por alguns bairros - relata Alfredão.
Também participaram do seminário as seguintes autoridades: Alexandre Pereira da Silva, o Alexandre da Auto Escola (presidente da Câmara); Samuel Portela Tinoco (procurador Geral do Município); Ereci Rosa (subprocurador do Município); os secretários Sérgio Almeida (Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Turismo); Celso Nunes (Gabinete); Maria Aparecida Vargas (Educação); Alair Ignácio (Meio Ambiente); Loíde Estides (Ação Social, Trabalho e Habitação); Marcelo Poeys (Receita); Toni Bastos Guerra (Administração); o vereador Moreira; demais autoridades civis e militares; além de outros representantes da sociedade.
ENTENDA A FALA DO PREFEITO
CIDADE DAS UBS - Não é por acaso que Itaperuna está sendo considerada a “Cidade das UBS”. A UBS do Bairro Surubi já está funcionando e vem atendendo a comunidade de forma bastante eficaz. Já a UBS do Bairro Boa Vista (Matadouro) será inaugurada em breve e diversas outras UBS estão sendo instaladas no município. Além dos bairros Cehab, Aeroporto, Carulas, Boa Fortuna e Presidente Costa e Silva (João Bedim), o distrito de Aré também vai receber uma UBS, que será utilizada, inclusive, para atender a comunidade de Nossa Senhora da Penha.
RUAS ASLFALTADAS - Neste primeiro momento serão asfaltados 10 km de ruas. É muito importante que se esclareça, que o convênio que proporciona este asfaltamento, diz respeito a “recapeamento”, portanto, este asfalto não pode ser utilizado em estrada de chão. Já existe licitação pronta para calçar diversas outras ruas, cujos trabalhos só poderão ser realizados após o período eleitoral.
OBRA DA VINHOSA - A obra de drenagem urbana e esgotamento sanitário do Bairro Vinhosa visa sanar os problemas das chuvas que ocasionam alagamentos constantes naquela região, incluindo as proximidades do Hospital São José do Avaí e adjacências. Uma reivindicação antiga de moradores e comerciantes que está sendo atendida.

Departamento de Comunicação - Prefeitura de Itaperuna
Fotos: Marcelo Nunes



segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Capoeira vem se destacando em Itaperuna

Não é de hoje que a Capoeira vem se destacando em Itaperuna, RJ. Já se passaram algumas décadas, desde que o esporte foi introduzido no município e, agora, os capoeiristas começam a colher os frutos da arte.
No último final de semana, por exemplo, aconteceu batizado e entrega de cordas, na Escola Municipal Humberto de Campos, no “Dia da Família na Escola”, através do projeto “Lutar para Vencer”, que ainda oferece Judô, Karatê e Taekwondo.
Durante o batizado, que envolveu os alunos do núcleo Surubi, o professor e organizador do evento Sérgio Primay (Ratinho), mencionou a necessidade de a Capoeira buscar novos horizontes.
– Nós precisamos nos mobilizar em busca de melhorias para o esporte. Passou o tempo de pensarmos apenas em grupo. Essa concepção de grupo já faz parte do passado. Precisamos ir em busca de algo mais concreto, que alavanque o esporte na nossa cidade e região. Precisamos ter representatividade junto às federações e entidades que representam a Capoeira no Brasil - diz Ratinho.
Ratinho ainda disse que a Capoeira vem se destacando na cidade e que é preciso pensar no esporte de forma mais profissional.
– Existem questões que envolvem a Capoeira que precisam ser bem definidas, como a questão do professor de Capoeira, por exemplo. O esporte está crescendo em toda a nossa região e é preciso uma mobilização ordenada, para buscarmos um futuro promissor para a nossa arte. Vamos somar forças! - finaliza.
O batizado foi uma realização da AMONI (Associação de Moradores do Bairro Niterói) e contou com o apoio da Prefeitura de Itaperuna; CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente); Associação Cultural Elite Brasil Capoeira (Mestrando Batata, Paulinho e Pé de Ferro); Centro Cultural Benguela Capoeira (professor Iuri); e Associação Cultural ALAC (mestre Matamba).

Foto: projeto “Lutar para Vencer”

sábado, 20 de setembro de 2014

Assunto: FAO (ONU) : BRASIL REDUZ A POBREZA EXTREMA EM 75%. Para: Cc: REPASSEM 19/9/2014

REPASSEM
19/9/2014
só lhes interessa a mentira, intriga e a calúnia. A empulhação da opinião pública.
Pablo Villaça 
Em 10 anos, Brasil reduziu pobreza extrema em 75%. Vou repetir: reduzimos pobreza extrema em 75%. noticias.uol.com.br/ultimas-notici
16 de set
Brasil reduz a pobreza extrema em 75%, diz FAO
O Mapa da Fome 2013, apresentado na manhã desta terça-feira (16), em Roma, pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla...
Bruno Carvalho 
Existe reacionário e existe Marcelo Tas. O cara consegue achar algo negativo na ERRADICAÇÃO DA FOME. pic.twitter.com/CbFMzNHVjG
__._,_.___

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O controverso dono do apê de Marina

or Miguel do Rosário, postado em setembro 17th, 2014 | 80 comentários


Agora a Marina Silva vai chorar como nunca.
Vai falar que é mentira, boato, baixaria.
Vai convocar milhares de coxinhas para rebaterem as supostas inverdades.
Vai querer censurar os blogs.
Mas não posso fazer nada. Tenho que informar aos leitores, sempre trazendo documentos e links.
Desde o início achei estranho que Marina Silva se hospedasse no apartamento de um milionário como Carlos Henrique Ribeiro do Valle.
Não quero demonizar ninguém. Como jornalista, já entrevistei muitos fazendeiros e empresários. Tem gente boa e honesta em todos os setores.
Eu achei estranho porque não combinava com Marina, ou assim eu supunha, ingenuamente.
O dono do apartamento é proprietário de um grupo, o RVM, que possui vários postos de gasolina; uma distribuidora de combustível (Petronac); e fazendas em Minas, Mato Grosso e Pará (segundo a Folha).
É filiado ao DEM, o partido mais à direita do espectro político.
Nada menos ambientalista e menos “nova política”.
A troco de que um sujeito com esse perfil emprestaria, de graça, um apartamento à Marina Silva?
Essa é uma pergunta que não posso responder. Mas fui pesquisar sobre o homem e suas empresas.
E descobri que ele, a Petronac, e um de seus postos, o Saema Auto Posto, foram condenados pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região por adulteração de combustível.
Segundo a Polícia Federal, vários postos situados em Minas Gerais, abastecidos pela Petronac, adulteravam combustível.
A decisão judicial, em última instância, sem mais direito à apelação, está aqui.
A Petronac também foi acusada de fraudar uma licitação em Marília, interior de São Paulo. Um dos documentos do Tribunal de Contas de SP pode ser baixado aqui.
A Petronac tem uma briga constante contra a Petrobrás para avançar mais no setor de distribuição de combustível. As duas disputam licitações para fornecer combustível a prefeituras, Brasil a fora.
Provavelmente é por isso ele apoia Marina, porque a Petrobrás atrapalha a sua vida. Ele tem razões pessoais para odiar o monopólio do petróleo.
As invenctivas de Marina contra a Petrobrás devem soar como música aos ouvidos de Carlos Henrique Ribeiro do Valle.
É seu direito democrático pensar assim. Assim como é emprestar seu apartamento à Marina.
Mas é também direito democrático fundamental do brasileiro conhecer melhor em quem irá votar.
Como o candidato ganha a vida? Como mora?
Já sabemos que o instituto Marina, que sustenta a candidata, recebeu R$ 1 milhão de Neca Setúbal, herdeira do Itaú, ou 83% de todo o valor arrecadado pelo instituto nos últimos anos.
Depois fomos informados que Marina Silva mora no apartamento de um dono de postos de combustível e fazendeiro, cujas  empresas respondem processos por adulteração de combustível e fraude em licitações.

Essa é a “nova política”.

Itaperuna: Bairro Carulas terá Unidade Básica de Saúde (UBS)

Realmente, não é por acaso que Itaperuna, RJ, está sendo considerada a “Cidade das UBS”, afinal, são inúmeras as UBS – Unidade Básica de Saúde – espalhadas pelos bairros e distritos do município. A UBS do Bairro Surubi já está funcionando a todo vapor; a UBS do Bairro Boa Vista (Matadouro) será inaugurada em breve e diversas outras UBS estão sendo instaladas.
As obras na UBS do Carulas foram iniciadas (veja fotos) e os seguintes bairros, Cehab, Aeroporto, Boa Fortuna e Presidente Costa e Silva (João Bedim), também serão contemplados com UBS; além do distrito de Aré, cuja unidade será utilizada, inclusive, para atender a comunidade de Nossa Senhora da Penha.
De acordo com o prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues, o Alfredão, o setor de Saúde tem conseguido importantes conquistas.
– Nossa Saúde voltou a crescer e vamos buscar melhorias para todos os setores do município. Olhem só a quantidade de UBS que conquistamos para o município. Agora que conseguimos pagar as 14 certidões negativas do CAUC – SIAFI, herdadas pelo nosso governo, podemos buscar novas conquistas para Itaperuna. Tenham certeza que vamos dar o nosso máximo em prol do município - reforça Alfredão.
O superintendente Municipal de Saúde, Dr. Elias Daruis, falou a respeito de o município está sendo considerado a ‘Cidade das UBS’.
 – É bastante positivo sermos denominados a Cidade das UBS. Isso mostra a importância de conquistarmos todas essas unidades de Saúde para o município. Quem conhece uma UBS sabe que a estrutura é realmente muito boa e o atendimento que temos priorizado no município, passa pelo critério de humanização. Esse é o trabalho de qualidade que estamos implementando no município e, como o prefeito disse, vamos continuar buscando novas conquistas - finaliza Dr. Elias Daruis.
SAÚDE EM DESTAQUE - A Prefeitura de Itaperuna, através da Secretaria Municipal de Saúde, não tem medido esforços para conquistar melhorias para o setor e, consequentemente, trazer benefícios para a população. Além de todas as conquistas citadas, a Secretaria ainda reabriu o P. U. (Posto de Urgência), que realiza em média 3.500 atendimentos/mês. A classificação da UPA foi elevada, ou seja, são mais recursos investidos em Saúde. Ainda estão acontecendo reformas em postos de Saúde de alguns distritos. O anexo ao Centro de Saúde Dr. Raul Travassos também foi totalmente reformado. A Secretaria de Saúde ainda adquiriu novos equipamentos e veículos, dentre inúmeras outras benfeitorias.

Informação: NICES | Edição: Departamento de Comunicação (Prefeitura de Itaperuna)
Fotos: Marcelo Nunes




Itaperuna: troca de lâmpadas e globos na Avenida Cardoso Moreira

Em Itaperuna, RJ, o trabalho referente à troca de lâmpadas queimadas e/ou quebradas, bem como globos – na Avenida Cardoso Moreira – continua sendo realizado. Além disso, os profissionais estão realizando a limpeza dos refletores.
Devido a complexidade do trabalho, os profissionais tem chamado bastante a atenção das pessoas que passam pelo calçadão. O aposentado Djalma Cavalcante falou sobre a execução do trabalho.
– Só de olhar lá pra cima, a gente fica tonto. Esses trabalhadores são muito corajosos. Fico feliz pela realização do trabalho. Nós estávamos realmente precisando da substituição dessas lâmpadas - diz o aposentado.
Quem também elogiou o trabalho foi o comerciante Carlos Menezes. Ele ainda disse que já é possível notar a diferença.
– Está bem melhor pra gente caminhar pelo calçadão. A substituição das lâmpadas e globos devem ser realizadas sempre, no entanto, é necessária a preservação. Não adianta a Prefeitura realizar o trabalho de manutenção se ainda há pessoas que destroem aquilo que é de uso coletivo - alerta o comerciante.
Iara Machado, professora, também fez questão de opinar sobre o serviço realizado na Avenida Cardoso Moreira.
– Nosso cartão postal [Avenida Cardoso Moreira] está sendo muito bem cuidado. Esperamos que esse trabalho continue assim. O canteiro central bem iluminado nos traz uma sensação de segurança, além de evidenciar a beleza das flores do jardim. Estão todos de parabéns, tanto a Prefeitura, quanto os corajosos profissionais - finaliza Iara.

Departamento de Comunicação – Prefeitura de Itaperuna
Fotos: Marcelo Nunes





terça-feira, 16 de setembro de 2014

É do PT: PEC garante aposentadoria especial a diretores e coordenadores pedagógicos

RENATOSIMOES-PLENARIOO deputado Renato Simões (PT-SP) apresentou proposta de emenda à Constituição (PEC) que estende o regime especial de aposentadoria aos diretores de escola e coordenadores pedagógicos que atuam em unidades escolares de Ensino Fundamental e Ensino Médio. No momento, estão sendo recolhidas assinaturas dos parlamentares para que a PEC possa ser protocolada e iniciar a tramitação dentro do Congresso Nacional. São necessárias pelo menos 171 assinaturas.
A questão da aposentadoria especial para os trabalhadores em educação nas escolas públicas é tema controverso em razão de interpretações divergentes sobre a legislação em vigor.
Para Antonio Sérgio Guedes, o Cafu, professor de história da rede pública estadual de Campinas e vice-diretor de uma escola municipal, “é muito positiva” a iniciativa do deputado Renato Simões. “Essa é uma proposta que vai ao encontro das reivindicações da categoria. Hoje vivemos um processo discriminatório, com diretores e coordenadores pedagógicos alijados de um direito que é inerente a todos nós”, afirma Cafu.
A Constituição Federal de 1988 criou a aposentadoria especial para professores que comprovem tempo de serviço no exercício exclusivo do magistério. No entanto, a Lei Federal 11.301, de 2006, que regulamentou a questão, estendeu o direito à aposentadoria especial do magistério aos diretores e coordenadores de escola.
A divergência levou o caso ao STF que, ao julgar uma Adin pela inconstitucionalidade da norma, identificou as funções de direção, coordenação ou assessoramento pedagógico, desde que exercidas por professores, como funções de magistério.
“Apesar de o STF reconhecer o direito ao regime especial de aposentadoria conferido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação aos diretores e coordenadores pedagógicos, a divergência permanece”, afirma a advogada Marcela Cherubine. Segundo ela, o impasse acontece no Executivo. Marcela conta que administrações públicas estaduais não permitem que diretores e coordenadores se aposentem com o mesmo tempo de exercício da função dos professores de educação básica. “Ou seja, criou-se uma situação de insegurança jurídica”, completa Marcela.
Um exemplo é apontado pelo Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado de São Paulo (Udemo). De acordo com a entidade, na capital paulista, a prefeitura, por meio da Procuradoria Geral do Município, reconheceu o direito à aposentadoria especial a diretores, supervisores e coordenadores pedagógicos e também aos professores readaptados. O inverso, no entanto, acontece no estado. A Procuradoria Geral do Estado não reconheceu o direito.
 “Como pode uma mesma documentação legal, sobre assunto largamente discutido e conhecido, provocar posições diferentes e contrárias?”, questiona o deputado Renato Simões, autor da PEC. Segundo o parlamentar, a insegurança jurídica vai contra o interesse público, uma vez que inibe professores de seguirem a carreira.
“A PEC que estou propondo permite aos professores que exerçam cargos de direção e coordenação pedagógica o direito de reduzir em cinco anos o tempo para a aposentadoria em regime especial, de 35 para 30 anos, no caso dos homens, e de 30 para 25 anos, para as mulheres”, explicou o deputado Renato Simões.
É do PT: Proposta exige garantia de igualdade entre homens e mulheres no serviço público
irinylopesA Câmara dos Deputados analisa proposta que obriga a administração pública federal a garantir igualdade de condições de trabalho, de oportunidades e de remuneração a todos os servidores públicos, independentemente de sua etnia, religião, opinião política, gênero e orientação sexual.
A medida, que está prevista no projeto de lei (PL 7086/14), da deputada Iriny Lopes (PT-ES), estabelece que a União deverá desenvolver políticas de combate ao preconceito em todas as suas formas e instrumentos para evitar distorções e consolidar a igualdade de oportunidades e de remuneração entre homens e mulheres.
A deputada cita informações da pesquisa “Desigualdades de gênero e raça no mercado de trabalho brasileiro e suas implicações para as políticas de emprego”, feita em 2004, pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), segundo a qual “é impossível entender a matriz da desigualdade social no Brasil sem considerar as suas dimensões de gênero e raça”.
De acordo com a pesquisa, em 2001, por hora trabalhada: as mulheres recebiam 79% do rendimento dos homens; os negros recebiam 50% do rendimento dos brancos; e as mulheres negras recebiam 39% do rendimento dos homens brancos.
“Embora existam iniciativas pontuais, como a criação de um Comitê Pró-Equidade no Ministério das Minas e Energias, entendemos que a regra deva valer para todo o serviço público federal”, avalia a deputada, ao defender mecanismos que superem a barreira cultural que prejudica mulheres, negros e negras, mesmo quando exercem funções idênticas a de homens brancos.
Ainda segundo o texto, denúncias de violência e assédio sexual ou moral deverão apuradas no prazo máximo de trinta dias e, se comprovadas, punidas conforme o Estatuto dos Servidores Públicos Civis da Administração Pública Federal (Lei 8.112/90), com penas que vão de advertência à demissão.
O projeto será analisado conclusivamente pelas comissões de Direitos Humanos e Minorias; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
Projeto de José Mentor tem voto favorável do relator da CCJ do Senado

Demissão no Colégio Andrews tem motivação política e financeira



Censura e autoritarismo retiram autonomia pedagógica do professor e prejudicam o aprendizado

A diretoria do Colégio Andrews demitiu no último dia 11, de forma sumária, um de seus professores, causando perplexidade e indignação. Tal arbitrariedade deveu-se a uma questão de prova aplicada pelo mesmo, na qual comparava o massacre dos palestinos promovido pelo governo de Israel a barbárie desencadeada pelo nazismo, particularmente o holocausto, que vitimou cerca de seis milhões de judeus na Segunda Guerra Mundial.

A demissão de um professor por emitir opinião e fatos em questões de avaliações é um absurdo, pois parte de uma premissa falsa. Classificar a condenação ao massacre dos palestinos pelo atual governo do Estado de Israel como "antissemitismo" é um erro! Já são públicas as manifestações de vários intelectuais judeus com críticas ao governo de Israel, especialmente no que se refere aos ataques a civis palestinos.

Não há discriminação em identificar criticamente a agressão presente daquele Estado ao povo palestino. É o que realmente ocorre no Oriente Médio e deve ser dessa forma trabalhado em sala de aula. Condenar e censurar textos ou charges que expressem tal interpretação daquela realidade geopolítica, classificando-os como "inadequados" é manipulação da prática pedagógica e um ataque a liberdade de expressão e opinião dos professores.

É inadmissível que uma escola reproduza a falta de liberdade dominante na grande mídia. Um professor, sobretudo da área de ciências humanas, deve  discutir com os estudantes os temas da atualidade, principalmente sob a ótica humanista, já que as mais de duas mil mortes de palestinos são totalmente injustificadas. Isso não é uma crítica ao povo israelense, mas sim a uma política de governo que reproduz métodos bárbaros adotados em outros momentos da história.

A diretoria do Sinpro-Rio repudia veementemente a demissão arbitrária perpetrada pela direção do colégio, que sob a égide de “respeitar as diferenças”  cedeu a uma pressão política e ideológica.
Esse tipo de atitude patronal é significativa e representa a ponta de um iceberg. A censura e a arbitrariedade são contrárias a autonomia pedagógica tão necessária para romper a cultura dominante, notadamente voltada aos mais ricos.
O Sindicato adotará todas as ações para garantir os direitos do professor e a  liberdade de pensamento, imprescindível na construção da democracia e de uma nação soberana.

Sinpro-Rio

NOTA DO BLOGUEURO:

A nota do SINPRO RIO, reflete a nossa opnião.

Judô: Troféu Cidade de Itaperuna foi um grande sucesso


No último sábado (13), o Judô foi destaque em Itaperuna, RJ. O Troféu Cidade de Itaperuna, realizado nas dependências da APAE, no Núcleo Educacional Integrado Pré-Profissionalizante (NEIPP), foi um grande sucesso.
A competição foi realizada pelo Judô Clube de Itaperuna, com o apoio da Prefeitura de Itaperuna, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer; Unig, FJERJ (Núcleo Regional - 6ª Região Norte Noroeste) e demais colaboradores.
Na oportunidade, o desportista Milton Freitas de Oliveira, 93 anos, foi homenageado pelos serviços prestados ao esporte itaperunense.  A competição ainda contou com a participação de atletas de outros municípios, dentre eles, Muriaé/MG, Bom Jesus do Itabapoana/RJ, São José de Ubá/RJ, e outros municípios.
O presidente da APAE, Rubens de Carvalho, recepcionou os atletas e disse que a APAE estará sempre de portas abertas para o esporte itaperunense. O presidente ainda enalteceu a participação de alunos da APAE que participaram da competição. Os pais de todos os atletas também foram homenageados, através de uma mãe, Filipa Nuss.
O professor de Judô, Wanderley Cordeiro de Lima, agradeceu o apoio de todos os parceiros que contribuíram com a organização do evento e ratificou a homenagem ao desportista Milton Freitas de Oliveira. Já o homenageado – Milton Freitas – relembrou fatos memoráveis para o esporte municipal, dentre eles, competições de futebol amador e a participação de judocas em competição Sul Americana.
Dentre as autoridades presentes no evento, Celso Nunes, secretário Municipal de Gabinete; Paulo César ‘Contador’, secretário Municipal de Governo; Maria Aparecida Vargas, secretária Municipal de Educação; Alair Ignácio, secretário Municipal do Ambiente; Paulo Roberto Pereira Gomes, diretor do Departamento Municipal de Cultura; Sandra Bussade, subsecretária Municipal de Educação; Almir Branco, desportista; e demais convidados.
ALFREDÃO ELOGIA COMPETIÇÃO
O prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues, o Alfredão, tinha outro compromisso no horário da competição e foi representado pelo secretário Celso Nunes. O prefeito, no entanto, fez questão de falar sobre o evento.
– Quero parabenizar ao amigo Wanderley Cordeiro e a todos os atletas que participaram do Troféu Cidade de Itaperuna. Nós precisamos unir forças e já estamos empenhados nisso, a fim de alavancar com o esporte em nossa cidade. Tudo o que estiver em nosso alcance, certamente será feito para o esporte itaperunense. Quero ainda destacar que nos últimos dias aconteceu reunião com a equipe técnica da Secretaria de Esportes, que já está se movimentando para realizar as olimpíadas, jogos estudantis, campeonato de futsal adulto e infantil, torneios de vôlei, basquete e vôlei de praia, campeonato de empresas, o Campeonato Municipal de Futebol Amador, gincana de bairros, dentre outras competições - finaliza Alfredão.

Informação e fotos: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Itaperuna






segunda-feira, 15 de setembro de 2014

OS CONSERVADORES E A INCLUSÃO SOCIAL

 
Descrição: Laurez  Cerqueira
LAUREZ CERQUEIRA15 DE SETEMBRO DE 2014 ÀS 11:10
Estão fazendo com Bachelet o mesmo que fazem aqui com Dilma, com Lula e na Argentina com Cristina Kirchner: bloqueiam informações sobre o que o governo está fazendo e pau
Estive recentemente no Chile e vi de perto a Presidenta Michelle Bachelet ser massacrada dia e noite pela imprensa conservadora. E, quando puxei conversa com alguns chilenos, ouvi a mesma história que ouço aqui: "Está demais! O Chile está um caos, nunca vivemos algo parecido."
Estão fazendo com Bachelet o mesmo que fazem aqui com Dilma, com Lula e na Argentina com Cristina Kirchner: bloqueiam informações sobre o que o governo está fazendo e pau. Constroem a ideia de caos e fazem acusações de todo tipo. Instalam o ódio nas pessoas de forma subliminar e jogam o povo contra o governo.
Isso acontece com todos os governos de caráter socialista que ousam mudar a ordem social em países capitalistas, principalmente de tradição colonial como a nossa, num regime democrático.
Aconteceu o mesmo com Salvador Allende, presidente socialista do Chile, morto no Palácio de La Moneda, no golpe do general Augusto Pinochet, líder dos conservadores. Veja o filme-documentário "A Batalha do Chile", de Patrício Gusmán. Está tudo lá igualzinho ao que está acontecendo lá e aqui.
O Chile hoje é o maior produtor de cobre do mundo. O mundo depende do cobre do Chile. O Brasil tem o pré-sal, a maior jazida de petróleo do mundo . O mundo depende de petróleo.
Veja o filme-documentário "The Corporation", para ver como as mega corporações elegem e depõem governos. Veja o filme-documentário "Iraque à Venda" para ver como grandes petroleiras tomaram de assalto o petróleo do Iraque com um exército de mercenários contratados por empresas de segurança dos EUA (29 mil homens) e enforcaram Saddam Hussein. O mesmo fizeram com a Líbia, mataram Muammar al-Gaddafi, tentam fazer com a Venezuela e com outros países. As petroleiras dispõe de forças armadas privadas.
No Brasil, a ascensão e inclusão social de dezenas de milhões de pessoas mexeram com toda a ordem social tradicional do País. Há uma reação dos conservadores contra essa mudança, algo que acontece com pessoas que poderiam estar a favor das mudanças que estão acontecendo no País. Os sintomas estão nos fatos.
Lembra-se dos "Rolezinhos"? Os adolescentes que começaram a frequentar os shoppings em grupos para fazer fotos e postar no Facebook, num gesto de celebração de sua ascensão social, do seu poder de compra, foram tratados como ameaça, como horda de bandidos. Um juiz de São Paulo chegou a conceder uma autorização para o shopping impedir a entrada dos jovens.
Lembra-se da "glamourosa" professora carioca que postou no Facebook seu inconformismo com um senhor que trajava camiseta regata, chinelo de dedo e saboreava um sanduíche no saguão do aeroporto do Rio, comparando o aeroporto com uma rodoviária?
Lembra-se da senhora de um condomínio de luxo em Brasília que comprou uma briga num salão para expulsar a empregada doméstica de uma amiga que cuidava das unhas e dos cabelos no mesmo salão frequentado por ela?
Pois é, os conservadores estão impactados com essa nova ordem, impactados com a insubordinação dos que ganharam poder, postura, e pleno emprego. O PT, ao longo de sua história, organizou, deu voz e ação para essa imensa parcela da população brasileira. Talvez por isso o PT sempre foi tratado como um intruso na política brasileira. Por mais que o partido tenha feito concessões, os conservadores nunca perdoaram o PT por ter organizado a base da pirâmide, chegado ao poder e aliviado os de baixo do peso da dominação de classesse. Assim como nunca perdoaram Getúlio Vargas por ele ter instituído o contrato de trabalho (CLT), e outros direitos sociais, e criado estatais estratégicas para o desenvolvimento como a Petrobras para avançar na independência do País.
Os incluídos socialmente hoje têm celular, computador, geladeira, TV, conta bancária, viajam de avião, frequentam restaurantes, shoppings, a empregada usa o mesmo perfume da patroa, como bem lembrou Lula, outro dia, têm seu carrinho, constroem ou reformam suas casas, enfim, melhoraram de vida. Estão protegidos da grande crise internacional com a estratégia do emprego.
As "dependências de empregados" das residências das classes média e média alta, melhor dizendo, a senzala, que a arquitetura "moderna" levou para dentro de casa, estão virando depósitos de qualquer coisa, porque os empregados domésticos tiveram seus direitos igualados com os demais trabalhadores, não querem mais morar na casa do patrão, nos cubículos antes destinados a eles. O patrão e a patroa não controlam mais o voto dos seus empregados, nem dos porteiros dos edifícios.
Essa reação dos conservadores e esse incômodo de setores das classes média e média alta com a nova ordem foram muito bem aproveitados pela oposição, e pela imprensa que serve a ela, na construção subliminar da "necessidade de mudança", pregada pela oposição em parceria com a grande mídia. Na campanha eleitoral virou slogan de Aécio e Marina. Aécio chegou a dizer que ele iria varrer o PT do poder, como se o Estado fosse uma propriedade dos ricos e a ocupação de cargos por pessoas do PT fosse uma anomalia da República e não um direito na democracia. Na democracia os conservadores perdem sempre.
O Chile não tem desigualdade tão grande como a do Brasil, não tem uma herança colonial racista como a nossa, mas tem um conservadorismo tão impregnado de ódio de classe quanto o do Brasil. Lá os conservadores comemoraram o aniversário do golpe de Pinochet com três atentados a bomba.
Tem também imensas jazidas de cobre, assim como o Brasil tem de petróleo, recursos estratégicos no mundo de hoje, cobiçados por mega corporações multinacionais e mega empresas de comunicação, aliadas para jogar o povo contra os governos de caráter socialista e viabilizar governos favoráveis aos seus negócios.
Essa parceria das grandes corporações de mídia com os grandes negócios multinacionais, potencializada nas redes sociais, criou o "Brasil caos" completamente descolado da realidade. Hoje parece que somos dois brasis.
As candidaturas da oposição (Aécio e Marina) apoiadas pelos conservadores, têm reforçado os códigos empresariais e religiosos predominantes e regentes da sociedade, ameaçado conquistas democráticas de redução da desigualdade e de afirmação de direitos humanos. Aqui os conservadores não admitem sequer a cidadania do povo, a afirmação de direitos.
O desafio agora é fazer com que a cidadania possa superar as reações dos conservadores, a força dos grandes negócios, principalmente dos bancos que puseram um pé na candidatura de Aécio e outro na candidatura de Marina, na tentativa de subordinar o Estado ao mercado com a autonomia do Banco Central e a privatização de empresas públicas.
Além disso, é necessário organizar a defesa do petróleo do pré-sal, recurso estratégico para o desenvolvimento do País e superação da desigualdade. Essa riqueza corre risco. Caso os conservadores eleja um de seus candidatos, certamente o Estado perderá o controle para os grandes grupos ligados aos negócios de petróleo.
Aqui como no Chile e em outras partes do mundo, a política está sendo destruída, transformada na inimiga pública número um, no mal dos tempos. Querem que o povo baixe a cabeça, trabalhe, consuma e deixe o destino da nação nas mãos do "Senhor Mercado".
Descrição: https://www.brasil247.com/get_img?ImageWidth=550&ImageHeight=367&ImageId=393115
 

Relembrando os IBOPEs - a verdade vai vencer a mentira.

Relembrando os IBOPEs - a verdade vai vencer a mentira.
Junho de 2006.
Paulo Souto - PFL - 51%
Jaques Wagner - PT - 13%
Deu Wagner - PT - no primeiro turno
Maio de 2010
Serra - PSDB - 38%
Dilma - PT - 18%
Deu Dilma - PT
Junho de 2012
Serra - PSDB - 31%
Haddad - PT - 3%
Haddad é prefeito


PROTÓGENES ACREDITA QUE ATENTADO MATOU CAMPOS


:
Delegado federal e deputado Protógenes Queiroz (PCdoB) promete trazer à tona as investigações sobre as causas da queda do avisão Cessna Citation que matou o ex-governador Eduardo Campos e mais seis pessoas no dia 13 de agosto; a colegas da Polícia Federal, Protógenes diz que trata-se de um atentado que tirou a vida do candidato do PSB à Presidência; entre os argumentos para defender a ideia, Protógenes diz que o local da queda do avião não foi preservado e que a PF chegou ao local muito tempo depois; deputado prometeu ir à Procuradoria-Geral da República, pedir para aprofundar as investigações
14 DE SETEMBRO DE 2014 ÀS 16:17
SP 247 - O delegado federal e deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) lançou suspeita sobre as causas do acidente aéreo que vitimou o candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos, e mais seis pessoas no dia 13 agosto em Santos. Para Protógenes, não haveria acidente na morte de Eduardo Campos. Teria sido um atentato, segundo segredou a colegas da PF. Entre os motivos que levam o deputado a acreditar em atento é que o local nem sequer foi preservado. Delegados da PF apareceriam à noite.
Queiroz chegou a Santos logo após a tragédia, colheu indícios e depoimentos e os enviará à Procuradoria-Geral da República, com o pedido para aprofundar as investigações. Entre os objetos colhidos, o delegado Protógenes encontrou na lama a capa de um livro do piloto, intacta, mas sem as páginas internas.
Segundo menciona o Diário do Poder, no dia da tragédia, Protógenes estava na expectativa de rever Eduardo Campos, com quem se encontrou em 1o de maio e na Semana Santa. A hipótese de atentado contra Eduardo sempre foi mencionada, mas ninguém a levou tão a sério quanto o delegado Protógenes Queiroz.
Nota do Blogueiro:
E eu que achava que era o único lunático.
A desconfiança do deputado é técnica, a minha estranheza foi a pesquisa de "CORPO PRESENTE", realisada pela DATAFOLHA. A morte de Campos se confirma no meio do dia de quarta feira e na quinta pela manhã o instituto já estava com pesquisadores na rua com o nome da Marina. Estranho não?