Paulo Roberto é Pedagogo, Sindicalista e Petista.

Minha foto
Dever cumprido é fruto da ousadia de um velho militante das lutas democráticas e sociais do nosso Brasil, que entende que sem uma interação rápida, ágil, eficiente e livre com o que rola pelo mundo, a democracia é pífia.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

No ar: o primeiro programa da TV CONTEE online




Está no ar o primeiro programa da TV CONTEE online – a TV institucional da CONTEE na Web, que levará aos visitantes conteúdos exclusivos multimídia – entre entrevistas, depoimentos e reportagens, além da cobertura das principais atividades e lutas da Confederação. A programação será bimestral e estará disponível AQUI no Portal da CONTEE para ser assistido em qualquer momento – utilizando a tecnologia streaming.
Neste primeiro programa, você confere uma reportagem especial sobre o XIV CONSIND da CONTEE, que definiu a plataforma da entidade para as eleições 2010 e promoveu debates sobre conjuntura nacional, internacional e educacional, além da discussão sobre o papel da mídia no processo eleitoral. Vê também o “Momento Cultural”, com informações e entrevistas com os vencedores do Concurso de Redação “Educação Não é Mercadoria”, promovido pelo SAAE-MG.
A TV CONTEE online – a grande novidade da comunicação da entidade em 2010 – exibe ainda uma matéria especial sobre o lançamento do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, uma iniciativa que aglutina entidades e personalidades que lutam pela democratização da mídia no Brasil; e uma reportagem completa sobre a participação da CONTEE na Conferência Nacional da Classe Trabalhadora – Conclat. O programa traz ainda a palavra da Coordenadora Geral da CONTEE, Madalena Guasco Peixoto, que fala sobre a iniciativa e apresenta a TV CONTEE Online.
É importante destacar que a sua participação é muito bem-vinda! Para enviar dúvidas e sugestões de pauta para a TV CONTEE, entre em contato através do e-mail: tvcontee@contee.org.br

boletim2.jpg
boletim3.jpg

Sem-terra acolhem quem perdeu tudo


FÁBIO GUIBU
Em Murici (AL), vítimas dos temporais procuram acampamentos porque não querem ficar em abrigos públicos
Famílias dizem não conhecer ideologia dos movimentos e esperam reconstruir no campo o que perderam na cidade
Famílias que tiveram suas casas destruídas pelos temporais que atingiram Alagoas há uma semana estão buscando refúgio nos acampamentos de trabalhadores rurais sem terra, na região de Murici (a 60 km de Maceió).
Os desabrigados desconhecem a ideologia dos movimentos. Dizem que procuram acampamentos porque não desejam ficar em abrigos públicos e têm esperança de reconstruir no campo o que perderam na cidade.
A Folha visitou ontem três áreas invadidas pelos sem-terra em Murici. Duas delas são controladas pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e uma pelo MLST (Movimento de Libertação dos Sem-Terra). Em todas, encontrou famílias de desabrigados.

PAU-A-PIQUE
"Os movimentos sociais apoiam quem não tem nada, e aqueles que nos procuram são acolhidos", diz o coordenador dos acampamentos Seridó e Aroaz, do MST, Francisco de Assis Santana, 53.
Segundo ele, as duas áreas, juntas, possuíam 180 famílias sem terra. Após a tragédia das chuvas, mais 30 famílias se uniram a elas em busca de apoio.
É o caso do agricultor José Quitério da Silva, 32, que morava próximo ao centro de Murici com a mulher e quatro filhos pequenos. "Perdi tudo, só conseguimos salvar os documentos", disse ele.
Silva conseguiu abrigo no acampamento Seridó, onde passou a viver com a família em um barraco de pau-a-pique de cerca de 15 m2.
Ele afirma que não entende nada da ideologia do MST e que deseja agora um pedaço de terra para plantar. Mas o sonho de reconstruir sua casa na cidade também continua -ele não quer que a família cresça no campo. "Aqui é ruim para as crianças", diz.
No acampamento Cabocal, controlado pelo MLST, o líder sem terra Milton Leite Cavalcanti, 50, afirma que já recebeu dez novos moradores, todos desabrigados da chuva. Novos barracos estão sendo erguidos no local.
Segundo ele, com o aumento do número de acampados, a cota de alimentos dos sem-terra no acampamento está sendo reavaliada. Nas áreas invadidas pelo MST, sem-terra estão colhendo milho, mandioca e feijão.
Nota do Blogueiro:
Essa noticia a globo e os jornalões nunca vão divulgar. A solidariedade entra os que tem pouco e os que perderam tudo.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Frases Importantes


  “É sempre bom lembrar que ninguém é obrigado a acompanhar velório”, senador Demóstenes Torres, do DEM de Goiás, sobre o apoio ao presidenciável José Serra. 

Senador Demóstenes Torres (DEM-GO): “Não queremos ficar só com o ônus da aliança, ainda mais hoje que a candidatura (Serra) não é nenhuma Ferrari.”

“Eu não tenho por que apoiar o Gabeira porque ele tem dois candidatos (à Presidência) : o Serra e a Marina (Silva, do PV)”. Zito, presidente do PSDB do estado do Rio de Janeiro

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Aliança de Cabral reúne 16 partidos

Governador do Rio é homologado candidato à reeleição do estado, com festa pró-Dilma

POR TAMARA MENEZES
Rio - Uma festa na Fundição Progresso, na Lapa, com ares de micareta, com abadá e micareta, oficializou a candidatura do governador Sergio Cabral, do PMDB, à reeleição do Estado do Rio. Com o apoio do PT e de outros 14 partidos, Cabral forma a maior aliança política no estado. A convenção não teve a presença de Dilma Rousseff, candidata à presidência pelo PT, que está coligado com o PMDB. Ela foi representada por seu candidato a vice, o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP).
Foto: Carlos Wrede / Agência O
 Dia
Cabral destacou a parceria com o Governo Federal e atacou adversários: “Não fizeram nada em 40 anos” | Foto: Carlos Wrede / Agência O Dia
Em seu discurso, Cabral mais uma vez enfatizou a parceria entre os governos federal e estadual, destacando a implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas como acertos de sua gestão. “Estamos juntos para pacificar todas as comunidades onde houver poder paralelo em todo o estado. (Eles) Não fizeram nada em 40 anos. Estamos fazendo. Nosso governo não tem apoio de milícia, não tem acordo com bandido. Chega de terrorismo”, anunciou.
Confiante, Michel Temer disse que Cabral deve vencer a eleição no primeiro turno. Ele prometeu dar continuidade à parceria com o Governo do Estado, “quando for eleito”. A convenção conseguiu também reunir antigos desafetos, como o ex-prefeito Nova Iguaçu Lindberg Farias (PT) e o presidente da Assembleia Legislativa, Jorge Picciani (PMDB). Cabral ergueu os braços dos dois e pediu votos para ambos. Além do PT e do PMDB, fazem parte da aliança estadual PTB, PSB, PCdoB, PP, PSC, PTN, PTC, PMN, PSL, PRP, PRTB, PSDC e PHS e PDT.
Ontem, o presidente do PSDB do Rio, José Camilo Zito, prefeito de Duque de Caxias, anunciou que não apoiará Fernando Gabeira, candidato do PV ao Governo do Estado, embora seu partido faça parte da aliança. Zito afirmou que vai trabalhar apenas para eleger José Serra (PSDB) à Presidência.

Garotinho prepara vigília no TRE

O Hotel Guanabara, na Avenida Presidente Vargas, Centro do Rio, mais pareceu ontem um templo evangélico, com direito a cantos e louvações. O local foi escolhido pelo ex-governador Anthony Garotinho (PR) para preparar sua militância quanto ao resultado de amanhã, quando será julgado recurso impetrado por ele no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que o declarou inelegível. 
Em seu discurso, Garotinho revelou que não tem esperanças em reverter o resultado e que o mais importante será o julgamento de recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Mesmo assim, a vereadora Clarissa Garotinho conclamou a militância a acompanhar o resultado amanhã, às 8h, na porta do TRE, no Centro do Rio. 
Garotinho voltou a defender sua inocência no processo em que é acusado de uso indevido de meios de comunicação. “Sou Mãos Limpas. Sujo é quem não tem como explicar o patrimônio”, atacou.
Ontem, no lugar do senador Marcelo Crivella (PRB), que chegou a ser um aliado, o PR anunciou que dará apoio às candidaturas do Pastor Manoel Ferreira e do ex-pagodeiro Waguinho (PT do B) ao Senado. O PT do B formalizou, no sábado, o apoio ao PR. A convenção do partido será realizada quarta-feira.

Fonte: O Dia online.

NOTA DO BLOGUEIRO:
Itaperuna mandou 5 convencionais, para a convenção do PMDB ontem na Fundição Progresso no centro do Rio, ente eles o presidente da câmara municipal o vereador Paulo Cesar, o presidente do PMDB municipal Chiquinho do INCRA e o nosso companheiro do conselho fiscal do SINPRO e acessor administrativo da UNIG Celso Nunes.

domingo, 27 de junho de 2010

A PROFESSORA FUTURÓLOGA ACERTOU NA MOSCA

Lembram-se, em nossa assembléia realizada no dia 09/03/2010 lá no prédio do Bedim, uma professora fez a seguinte avaliação conjuntural: A UNIG SÓ VAI PAGAR NO MÁXIMO 3 SALÁRIOS NESSE SEMESTRE. O resultado está aí, com uma agravante, a avaliação era de que eles pagariam as 3 folhas para os professores, eles conseguiram estender a perversidade, só pagaram 3 folhas aos funcionários também.
O interessante dessa história é que quando falávamos desse assunto na sala dos professores, a época, um dos coordenadores presente me disse: - Isso nós não vamos permitir. O duro é que permitimos, vejam o quadro do que a UNIG pagou nesse semestre:
Para professores
Pagamento de janeiro
Folha concluída no final de março.
Pagamento de fevereiro
Pagou no final de março a folha do curso de medicina. Aos outros cursos nada.
Pagamento de março
Folha concluída em 17 de maio
Pagamento de abril
Iniciou o pagamento em 17/05 e ainda não pagou 50% da folha.
Pagamento de maio
Não pagou nada a ninguém
Pagamento de junho
?   ?   ?   ?    ?
Para funcionários
Pagamento de janeiro
Folha concluída
Pagamento de fevereiro
Folha concluída
Pagamento de março
Folha concluída
Pagamento de abril
Só pagou o vale transporte em 23/06
Pagamento de maio
Não pagou nada a ninguém
Pagamento de junho
?   ?   ?   ?    ?

Como se pode ver o quadro é gravíssimo, esse pessoal que assumiu a gestão da Universidade em janeiro são muito pior que os antigos gestores, que também era péssimo. Os novos gestores só fizeram uma coisa, aprofundaram o caos.
A intervenção judicial é sem dúvida a melhor saída. Porém sua implementação pode ser lenta e penosa. O interventor teria que assumir ainda esse mês de junho, até porque em 1º de julho iniciam-se as matriculas para o segundo semestre, quando os carnês são pagos sem desconto, além dos velhos descontos para os estudantes pagarem o semestre inteiro, que agora poderão ser até mais generosos, pois essa grana eles levam e o interventor ficará de saias justas para dar as respostas necessárias aos professores, funcionários e estudantes.
 Dessa forma podemos nos preparas, o interventor vai navegar em céu com muita turbulência. Nossa ajuda e apoio serão fundamentais.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

CARTA ABERTA AOS PROFESSORES, FUNCIONÁRIOS E ALUNOS DA UNIG-CAMPUS V

Companheiros, 
O Sindicato dos Professores do Norte Noroeste Fluminense - SINPRO-NNF - através da presente vem informar a comunidade acadêmica a situação da UNIG após decisão judicial da 1ª Vara do Trabalho deItaperuna que decretou intervenção do MEC.
O SINPRO-NNF desde 2005 vem entanto dialogar com os diretores da UNIG. Inicialmente foi realizado acordo do passivo perante o Ministério do Trabalho que foi descumprido. Em 2007 foi impetrada uma AçãoCivil Pública na Vara do Trabalho onde foi realizado um acordo judicial que novamente foi descumprido,inciando-se a seguir processo de execução que pela terceira vez foi descumprido. Face a constância no descumprimento dos acordos por parte da UNIG e o fato de professores possuírem mais de 20 folhas salariais em aberto, deu-se inicio a recente greve do corpo docente. 
Tendo em vista o descaso da atual administração da UNIG (inclusive com o judiciário) e a importância da instituição para região, a douta juíza decretou a intervenção do MEC, que foi apoiada pelo procurador do Ministério Público do Trabalho, para que a UNIG tenha condições de superar a crise e voltar a cumprir sua função social.
A intervenção que ocorreu por motivos administrativos e não acadêmicos foi a melhor solução para que as pessoas que realmente estão interessadas na recuperação financeira da universidade não fossem prejudicados. 
A intervenção, segundo o procurador do Ministério Público do Trabalho, já ocorreu em outras instituições educacionais como por exemplo a PUC de Nova Friburgo. Vale ressaltar que a intervenção não tem o condão de macular a imagem da instituição, mas sim ter uma administração transparente para que todos os problemas sejam solucionados. 
O Interventor será um servidor público nomeado pelo MEC que irá apresentar relatórios de toda sua gestão e será auxiliado por uma comissão composta por 4 membros nomeados pelo Sindicato dos Professores e pelo Sindicato dos Auxiliares de Ensino. 
O SINPRO-NNF vem reiterar seu compromisso com a classe docente informando que não medirá esforços para que seja realizado um processo transparente de recuperação da UNIG.
Itaperuna 21 de Junho de 2010.

Diretoria Colegiada
       O técnico da seleção brasileira abriu fogo contra a Rede Globo. Dunga deu na canela do comentarista Alex Escobar, da Globo. Poucas horas depois, um dos apresentadores do programa Fantástico, Tadeu Schmidt, da África leu um editorial da emissora detonando Dunga.
      Tudo tem um porque, antes do ataque ao Dunga no Fantástico, o Jornal O Globo já havia descido a lenha na seleção e principalmente no seu treinador.
      Qual a razão dessa súbita mudança de comportamento?
      Vamos aos fatos:
      Segunda feira, véspera do jogo de estréia da seleção brasileira contra a Coréia do Norte, por volta de 11 horas da manhã, hora local na África do Sul.
     Eis que de repente, aportam na entrada da concentração do Brasil, dona Fátima Bernardes, toda-poderosa Primeira Dama do jornalismo televisivo, acompanhada do repórter Tino Marcos e mais uma equipe completa de filmagem, iluminação etc.
     Indagada pelo chefe de segurança do que se tratava, a esposa do poderoso William Bonner sentenciou: “Estamos aqui para fazer uma REPORTAGEM EXCLUSIVA para a TV Globo, com o treinador e alguns jogadores...”.
     Comunicado do fato, o técnico Dunga, PESSOALMENTE dirigiu-se ao portão e após ouvir da Sra. Fátima o mesmo blá-blá-blá, foi incisivo, curto e grosso, como convém a uma pessoa da sua formação: “Me desculpe, minha senhora, mas aqui não tem essa de “REPORTAGEM EXCLUSIVA” para a rede Globo. Ou a gente fala pra todas as emissoras de TV ou não fala pra nenhuma...”.
     Brilhante!!!
     Pela vez primeira em mais de 40 anos, um brasileiro peitava publicamente a Vênus Platinada!!!
     “Mas... - prosseguiu dona Fátima - esse acordo foi feito ontem entre o Renato (Maurício Prado, chefe de redação de esportes de O Globo) e o Presidente Ricardo Teixeira. Tenho autorização para realizar a matéria”.
     Dunga: - “Não tem autorização nem meia autorização, aqui nesse espaço eu é que resolvo o que é melhor para a minha equipe. E com licença que eu tenho mais o que fazer. E pode mandar dizer pro Ricardo (Teixeira) que se ele quer insistir com isso, eu entrego o cargo agora mesmo!”.
     O treinador então virou as costas para a supra sumo do pedantismo e saiu sem ao menos se despedir.
     Dunga pode até perder a classificação, a Copa, seu time pode até tomar uma goleada, qualquer fiasqueira na África, mas sua atitude passa à história como um exemplo de coragem e independência frente a uma das instituições privadas mais poderosas no País e que tem por hábito impor suas vontades, eis que é líder de audiência e por isso se acha acima do bem e do mal.
     Em linguagem popular, o Dunga simplesmente mijou na Vênus Platinada! Sugiro uma estátua para ele!!!
     Após, a poderosa Globo, a mesma que levou o Collorido ao poder e depois o detonou por seus interesses, agora difama o Dunga, tá certo que o cara é meio Ogro, mas não teve o direito de se defender dos ataques em momento algum.
     Falar mal do cara é liberdade de imprensa. Ouvir o cara não pode?
     A reação do povo foi imediata. O editorial lido no programa "Fantástico", da Rede Globo, deu repercussão no mundo virtual. E pela primeira vez na história o Brasil inteiro apóia o técnico da Seleção. Só a Globo para conseguir isso...
     Dentre os assuntos mais comentados no Twitter nesta segunda-feira (21), a frase "Cala boca, Tadeu Schmidt" era líder absoluta, superou até a antecessora "Cala Boca, Galvão", que liderou por dias seguidos os Trending Topics.
     E não parou por ai. Em apoio ao técnico da seleção brasileira, os twiteiros lançaram o "DiaSemGlobo", que será nessa sexta-feira, quando o Brasil vai jogar com a seleção de Portugal, no encerramento da primeira fase da copa.
     Todo mundo na Band, ou em outra emissora, não vamos sintonizar a Globo na sexta-feira, temos que começar a deixar de ser gado manso, mostrar que não somos trouxas manipuláveis.

 VAMOS FAZER O BRASIL INTEIRO PENSAR !!!!!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

PELO MENOS UM FIO DE LUCIDEZ


Que os donos da UNIG têm uma pedra no lugar de coração, disso não temos a menor dúvida, mas enfim, ontem houve um pouco de lucidez por parte dessa gente. Distribuíram os vales transporte referente ao mês de abril aos funcionários, tinha muita gente que já estavam faltando ao trabalho, pois não tinha mais recursos para se locomoverem. Imaginem chefes de família que trabalham 8 horas por dia na universidade, salários baixos e não tem como “fazer um por fora” a ultima folha que receberam foi a de março, só DEUS e cada um deles individualmente, em sua intimidade pode saber o tamanho da dor que estão sentindo, é imensurável para qualquer um de fora, por mais sensibilidade que tenhamos.
Situação semelhante vive a maioria dos 54 professores que foram demitidos em fevereiro e que ainda não quiseram entrar com ação na justiça. Gente não tem saída, o Sr. Antonio José, em uma das ultimas vezes que esteve conosco recomendou que os demitidos, que não quiserem entrar na justiça, procurassem os advogados da UNIG para fazerem um acordo. Liguei para um dos advogados para saber quais eram as bases desse acordo, ele me disse: - O acordo que estou autorizado a fazer é de parcelamento do que a UNIG deve, sem multas, sem correção e sem homologação na justiça. Então pessoal definitivamente não dá, se nada do que prometem na justiça eles cumprem imaginem sem homologação, não vão cumprir nunca.
Para os demitidos só tem uma saída, justiças do trabalho. Liguem para o SINPRO, agendem com a Dra. Claudia e entrem imediatamente com os processos.
Quanto aos que já entraram na justiça e fizeram acordos os mesmo serão cumpridos pelo interventor, quanto a isso fiquem tranqüilos.
Para concluir, vamos falar um pouco do processo de intervenção. É uma coisa nova, estive na sexta feira passada no Rio de Janeiro para uma reunião da FETEERJ – Federação dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino do Rio de Janeiro, todos os Sindicatos presentes vibraram com a decisão, mas ninguém viveu experiência semelhante. Estamos aguardando a indicação do nome do interventor do MEC, para podermos abrir os debates no SINPRO da indicação de nossos dois nomes para o conselho.
Enquanto isso há muita especulação, muita falácia, muita queimação e umas poucas conversas, mas o processo esta andando e o prazo também.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Prêmio "Almirante Negro João Cândido"


Na próxima quinta-feira, dia 24 de junho, o deputado estadual Gilberto Palmares vai entregar o prêmio "Almirante Negro João Cândido" para 15 personalidades com atuação destacada na defesa dos direitos da população afrobrasileira.Dentre os homenageados está a atriz Ruth de Souza e o compositor e escritor Nei Lopes. O prêmio de autoria de Palmares foi criado para homenagear o almirante negro João Cândido, líder da histórica Revolta da Chibata que neste ano completa 100 anos.A cerimônia começa às 18h, no Plenário Barbosa Lima Sobrinho (Palácio Tiradentes, Praça XV).

AGORA SIM, TEREMOS UMA NOVA UNIG.


Uma UNIG onde os estudantes do curso de administração conviverão com uma Universidade bem administrada.
Os estudantes do curso de ciências contábeis, não ouvirão falar de suspeita de Caixa Dois na Instituição de Ensino.
Os estudantes de direito verá seus professores tendo seus direitos respeitados. Passando-se o tempo do “faz o que eu ensino, mas não faz o que eu faço.”
Os estudantes da área de saúde conviverão em uma universidade mais humanizada.
Os estudantes dos cursos de engenharia terão a clareza do funcionamento de uma organização.
Os trabalhadores da UNIG, professores e funcionários, participarão da gestão e cada um deles será agente dessa transformação, falando, propondo e sendo ouvido.
Os recursos aqui arrecadados serão voltados para o funcionamento do CAMPUS V, como determina a Juíza “... se destinam exclusivamente ao pagamento dos salários dos professores, funcionários e despesas administrativas decorrentes do funcionamento da instituição em Itaperuna”.
Como podemos ver, estamos caminhando para um novo momento e é natural que muitos tenham dúvidas, para isso teremos hoje uma assembléia esclarecedora. Também é natural que uns poucos se desesperem, vão perder poder, não podemos nos contaminar por esses, temos é que ganha-los, pois o bem é para todos. Daqui a dois anos a Universidade será devolvida aos seus donos em condições muito melhores, com suas dividas saneadas.
Portanto companheiros professores, estar na assembléia de hoje é fundamental. Por ser uma assembléia de esclarecimento da decisão judicial e discussão de estratégia de ação, nossos companheiros funcionários poderão participar dela, mas que fique bem claro, é assembléia dos professores, não estamos querendo em hipótese alguma substituir o SAAE – Sindicato dos auxiliares de administração escolar. Nosso objetivo é todos os trabalhadores, professores e funcionários, tenham um entendimento uniforme da decisão judicial.
Por tudo isso, professores e funcionários da UNIG, logo mais às 17h:30min lá no CAMPUS V, nossa assembléia se reverte de uma importância muito grande, temos que esmiuçar o entendimento sobre a decisão judicial e traçarmos a estratégia de nossas ações. Sua Presença é imprescindível.

domingo, 20 de junho de 2010

Gilberto Palmares na CNT, hoje domingo 20/06

Assista hoje dia 20, às 23h, o deputado estadual Gilberto Palmares no programa Jogo do Poder, no canal CNT (canal 9, da TV aberta, 25 da Sky e 22 da Net). O debate é mediado pelo apresentador Ricardo Bruno e vai falar sobre o governo Lula e o panorama da política estadual e nacional.

QUANTO CUSTA DERRUBAR A DECISÃO JUDICIAL


Segundo uma fonte, da maior confiabilidade, a UNIG para derrubar a intervenção Judicial terá que gastar em torno de R$ 500.000,00 a 800.000,00. Com um pouquinho a mais teria pago a folha de maio e nada do que está acontecendo aconteceria, o que estamos vivenciando é o misto de uma tremenda incompetência administrativa e de uma bajulação excessiva.
Alguns gestores aqui do CAMPUS V, que recebem semanalmente a visita dos Srs. Aloísio Gama e Antonio José e não têm coragem de alertá-los: - Se vocês não aportarem recursos para honrarem determinados compromissos, todas as outras preocupações serão em vão. É inacreditável como essa gente que tem uma tremenda competência para desmoralizar o Sindicato e seus dirigentes, se curvam vergonhosamente diante dos patrões, que coisa feia hem? É função dos assessores alertarem, avisarem, abrir o olho do comandante e não bater palmas para tudo que eles falam, como se vivêssemos em uma festa.
E mais, essa gente quando orienta o fazem mal, lembram-se daquela sandice de assembléia fajuta que armaram em 04/05, no dia da penúltima audiência na justiça, quando expuseram o representante da UNIG a aquele constrangimento ridículo diante da juíza?    
Agora gastarão o equivalente a 80% de uma folha de pagamento, para derrubarem a decisão, sem nenhuma garantia de sucesso, até porque, o SINPRO NNF também não esta dormindo e os nossos assessores nos orientam. Além do que, só recorrer da decisão, sem efetuarem nenhum pagamento é jogar dinheiro no lixo, dificilmente terão sucesso.  
Portanto professores, nossa assembléia de amanhã, dia 21/06 as 17h:30min lá no CAMPUS V, se reverte de uma importância muito grande, temos que esmiuçar o entendimento sobre a decisão judicial e traçarmos a estratégia de nossas ações. Sua Presença é imprescindível.

sábado, 19 de junho de 2010

Assembléia dia 21/06 as 17h:30min lá no CAMPUS V da UNIG


      Eu entendo o desespero de alguns, mas ameaças são inaceitáveis. Não apaguei e não apagarei os comentários ameaçadores. Apaguei os comentários desrespeitosos, os ofensivos e um do Sr. SoutoTostes que só tinha o objetivo de criar mais confusão em nossas cabeças (mais do que já é o normal em um momento desses).
     Com relação às ameaças, só fiquei sabendo por telefone na quinta à noite, alguns professores preocupados comigo, sabiam que eu estava no Rio de Janeiro, cuidando dos desdobramentos da decisão judicial e me deram o alerta. Como eu não tenho notebook tive que chegar ao hotel para acessar a internet e dar uma olhada no blog. Na sexta pela manhã estava na FETEERJ, nossa Federação, consultei o advogado e ele me recomendou fazer o registro da ocorrência na delegacia aqui em Itaperuna o que farei oportunamente e postarei o BO – Boletim de Ocorrência aqui no blog.
      Quanto à decisão judicial, nós tentaremos esclarecer e tirar as dúvidas na assembléia que faremos na próxima segunda feira dia 21/06 as 17h:30min lá no CAMPUS.
Por isso eu peço aos professores que façam o maior esforço possível para se fazerem presente nessa assembléia. Não vamos nos deixar influenciar por conversas de corredores, o local de tirarmos nossas dúvidas é na assembléia. Eu conto com a sua presença.
      Finalmente, quero esclarecer que mais uma vez fui obrigado a bloquear os comentários, todos sabem perfeitamente que eu só apago comentários com ofensas pessoais a mim e a qualquer outra pessoa. As clíticas por mais duras que sejam as libero, agora xingamento e ofensas eu não posso permitir. O ideal é que a bronca seja livre, porem existem pessoas que definitivamente não sabem usar da liberdade.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

A UNIG continua sendo UNIG


Gente, não tem federalização da UNIG, tem uma intervenção judicial e o interventor será nomeado pelo MEC.
O interventor fará uma gestão, administrativa e acadêmica, independente de Nova Iguaçu por um período de 24 meses, ao fim destes a gestão passará novamente para os seus donos.
Caberá também ao interventor, gerir uma conta bancaria para arrecadar as mensalidades e ter como prioridade o pagamento dos salários e os passivos dos professores e funcionários.
Para auxiliar na busca de soluções para o pagamento dos salários foi nomeado um conselho com 4 membros, dois indicados pelo SINPRO NNF – Sindicato dos Professores do Norte e Noroeste Fluminense e dois indicados pelo sindicato que representa os funcionários SAAE – Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar.
Portanto a UNIG continuará sendo UNIG, os formandos terão diplomas da UNIG, a UNIG continuará sendo uma Universidade privada.
Qual a vantagem da intervenção? Os professores e funcionários passarão a receber seus salários em dia a partir de efetivada a intervenção. Os estudantes saberão qual o destino será dado ao dinheiro de suas mensalidades.

DECRETADA INTERVENÇÃO DO MEC NA UNIG CAMPUS V



Na audiência de hoje, dia 16/06 na justiça do trabalho em Itaperuna a juíza Dra. Roseana decretou uma Intervenção na UNIG CAMPUS V. O teor da sentença posto em anexo. Mais informações sobre a audiência postarei mais Tarde.

domingo, 13 de junho de 2010

Quarta feira dia 16/06 é dia de Mobilização


Na próxima quarta feira, dia 16/06 teremos na justiça do trabalho, aqui em Itaperuna, uma das mais importantes Audiências da ACP- Ação Civil Pública que no SINPRO NNF – Sindicato dos Professores do Norte e Noroeste Fluminense move contra a UNIG. Essa audiência foi provocada pelo descumprimento por parte da Universidade do ultimo acordo feito em 04/05/2010.
 Nesse acordo a UNIG se compromete a pagar o salário de abril de 2010 até o décimo dia útil do mês de maio e até a presente data não concluiu a folha. No mesmo acordo a UNIG se compromete a pagar o mês de maio até o próximo dia 15/06 e 50% dos salários de fevereiro de 2010 até 17/06. Eu faço uma pergunta, alguém crer que a UNIG honrará esses compromissos?
Em nossa ultima assembléia, dia 02/06 os professores presentes deliberaram que quarta feira dia 16/06 será um dia de mobilização geral, devendo todos estar presentes a audiência da justiça do trabalho. La no bairro Vinhosa. É importante a presença do maior número possível de professores, estudantes, pais de estudantes e interessados afins, pois nessa audiência além do Mistério Público do Trabalho estará presente a AGU- Advocacia Geral da União para que, como representante da União encaminhe a intervenção do MEC conforme termos do art.323, parágrafo único da CLT – Consolidação das leis do Trabalho.
    “ Art. 323. Não será permitido o funcionamento do estabelecimento particular de ensino que não remunere condignamente os seus profes­sores, ou não lhes pague pontualmente a remuneração de cada mês.
        Parágrafo único. Compete ao Ministério da Educação fixar os critérios para a determinação da condigna remuneração devida aos professores bem como assegurar a execução do preceito estabelecido no presente artigo.”
Na intimação a AGU a juíza invoca também a LBD –Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional em seus  arts. 8° e 9º, inciso IX.
Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.
TÍTULO IV
Da Organização da Educação Nacional
Art. 8º A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios organizarão, em regime de colaboração, os respectivos sistemas de ensino.
§ 1º Caberá à União a coordenação da política nacional de educação, articulando os diferentes níveis e sistemas e exercendo função normativa, redistributiva e supletiva em relação às demais instâncias educacionais.
§ 2º Os sistemas de ensino terão liberdade de organização nos termos desta Lei.
Art. 9º A União incumbir-se-á de: (Regulamento)
VIII - assegurar processo nacional de avaliação das instituições de educação superior, com a cooperação dos sistemas que tiverem responsabilidade sobre este nível de ensino;
IX - autorizar, reconhecer, credenciar, supervisionar e avaliar, respectivamente, os cursos das instituições de educação superior e os estabelecimentos do seu sistema de ensino.
§ 1º Na estrutura educacional, haverá um Conselho Nacional de Educação, com funções normativas e de supervisão e atividade permanente, criado por lei.
§ 2° Para o cumprimento do disposto nos incisos V a IX, a União terá acesso a todos os dados e informações necessários de todos os estabelecimentos e órgãos educacionais.
§ “3º As atribuições constantes do inciso IX poderão ser delegadas aos Estados e ao Distrito Federal, desde que mantenham instituições de educação superior.”
Então Professores vamos reservar em nossa agendas:
 Data: Quarta Feira dia 16/06  
 Horário: 8h:30min
Local: Justiça do Trabalho (Vinhosa) 
Atividade: Audiência da ACP

RIMEIRO CONGRESSO JURIDICO DO NOROESTE FLUMINENSE.


Esta semana a UNIG estará realizando com o apoio da OAB o PRIMEIRO CONGRESSO JURIDICO DO NOROESTE FLUMINENSE.
O local do evento será o CENTRO DE CONVENÇÕES DA UNIG CAMPUS V e se dará nos dia 15, 16,17 e18/06 sempre das 18h:00 min às 22h:00 min.
 Além de relevantes palestras que serão ministradas por renomados profissionais do direito, na quarta feira dia 16/06 haverá um MINI-CURSO com o tema: Atualização Jurídica em Direito Civil e Penal, que será ministrado por alguns dos mais brilhantes professores da casa; Dra. Dulce Diniz, Dr. Manoel Faria de Souza Junior e Dra. Inessa Trócilo Rodriguês Azevedo.

Na terça feira dia 15/06 teremos:
Primeira Exposição às 18h:00min, Dr. Geraldo da Silva Batista Junior com o tema: Morosidade e Processo Civil
Segunda exposição às 19h:20min, Dr. Leonardo Vizeu Figueiredo com o tema: O Sistema Brasileiro de Proteção a Concorrência.
Terceira exposição às 20h:30min, Dra.Adenilza Ribeiro Silva ramos da Fonseca com o tema:  A Função Social da Propriedade Urbana.

Na quarta feira dia 16/06 é o MINI-CURSO.

Na quinta feira dia 17/06 teremos:
Primeira Exposição às 18h:00min, Desembargador Sergio Cavaliere Filho com o tema: Sistema Brasileiro de Responsabilidade Civil
Segunda exposição às 20:20min, a brilhante Dra. Marta Xavier de Lima com o tema: Assim Caminha a Humanidade – Sociedade/Mídia/pré-julgamento/Erro Judiciário/In(segurança) Jurídica.

Na Sexta feira dia 17/06 teremos:
Primeira Exposição às 18h:00min, Dra. Gisele Leite com o tema: Reformas do CPC, e a Tendência do Processo Civil Contemporâneo.
Segunda exposição às 20:20min, Dra. Denise Heuseler com o tema: Responsabilidade Civil em Face do CDC.

Um evento dessa magnitude é de fundamental importância para toda a sociedade, para advogados e comunidade acadêmica (não só para os acadêmicos de direito). Porque a sua temática diz respeito à vida de todos os cidadãos.
O investimento para participar de todo o congresso é de apenas R$ 40,00 

quinta-feira, 10 de junho de 2010

MANIFESTO NATIVIDADE / RJ

        Senhor (a) Deputado (a),
      O Partido dos Trabalhadores e seus filiados vêm sendo vitimas de uma serie de ataques no Município de Natividade por parte do governo do PSDB e de sua base de apoio na Câmara de Vereadores. Após uma vitoria eleitoral apertada na qual a participação do PT foi fundamental iniciou-se o processo de afastamento com o não cumprimento do acordo pré eleitoral e diversos acontecimentos que culminaram recentemente com o rompimento político configurado com o afastamento do vice prefeito Chico da saúde da Coordenação de projetos por iniciativa própria e a exoneração da Secretária de Assistência Social Fabiana Belotto e diversos assessores. 
       Até ai tudo bem já que a aliança foi desfeita e é natural o afastamento das pessoas dos cargos que ocupavam, no entanto esta ocorrendo uma extrapolação uma vez que os filiados, simpatizantes e pessoas próximas que atuam como servidores contratados ou terceirizados tem relatado ser vitimas de constrangimentos e cerceamento do direito de reunião e de livre expressão por parte do governo sob o argumento de que todos serão demitidos caso não se desfiliem e se afastem do partido. Casos recentes como a transferência de uma funcionária do PSF para uma unidade distante de sua residência e a demissão de uma enfermeira do PSF sem qualquer motivo justificado, confirmam tais denuncias. 
      Como se não bastasse, a Câmara Municipal acaba de desferir forte golpe na democracia com o único propósito de impedir a posse do suplente de vereador do PT Rubens Boechat, em substituição a Dra Ivete que se encontra licenciada para tratamento de Saúde e calar a voz critica do partido no legislativo. Logo que tiveram notícia do afastamento da vereadora se apressaram em alterar o Regimento Interno e a Lei Orgânica a fim de conseguir seu propósito, suprimindo a substituição em casos de licença.
      O Partido impetrou mandado de segurança a fim de garantir a posse e obteve liminar favorável hoje, com prazo de cumprimento em 24 horas. 
      Diante de tais fatos solicitamos seu apoio para ampla divulgação dos mesmos e que enviem mensagens de repudio para o Prefeito e o Presidente da Câmara. 
      Atenciosamente.
 Chico da Saúde - Vice Prefeito 

 Nota do Blogueiro: Como não podia deixar de ser, estamos divulgando a manifesto dos companheiros de Natividade assinado pelo meu amigo Chico da Saúde. Lamento profundamente esse episódio que ocorre em Natividade que é igualzinho o ocorrido aqui em Itaperuna, parece um projeto do PSDB. Têm o apoio do PT, ganham a prefeitura apertado e depois descartam os companheiros como se descarta um papel higiênico usado. Mais... como dizia minha velha vó “quem mistura com porco farelo come”.

NOTA DA UNIG


Ao abrir o site da UNIG deparamos com a nota abaixo, como o blog é mais visitado e mais democrático que o site da instituição, estamos reproduzindo a nota. E aqui você pode comentar.

NOTA
                  A Universidade Iguaçu – Campus Itaperuna, através de sua Direção de Campus, agradece ao corpo docente por sua postura profissional, ética e responsável, e por mais uma demonstração de respeito aos seus alunos e confiança na Instituição.
                  Mesmo quando as dificuldades possibilitam as tentativas de gerar instabilidade, os professores e funcionários desta Instituição garantiram aos alunos a normalidade das atividades acadêmicas do Campus V.
Direção do Campus V- Itaperuna