Paulo Roberto é Pedagogo, Sindicalista e Petista.

Minha foto
Dever cumprido é fruto da ousadia de um velho militante das lutas democráticas e sociais do nosso Brasil, que entende que sem uma interação rápida, ágil, eficiente e livre com o que rola pelo mundo, a democracia é pífia.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

INGENUIDADE POLÍTICA

 
Este sentimento popular difuso de que não precisamos de partidos políticos é um grave risco. Sem um centro de debates e de coordenação política, os objetivos políticos da maioria do povo não serão alcançados. Sem um ideário em comum, organizado para a prática, nada se constrói. Sem partidos é a ditadura.
http://3.bp.blogspot.com/-ng4XKWn6Kgo/UcWqfZso2yI/AAAAAAABPPQ/gKTeR8_K5xY/s640/bessinha_1828.jpg
Seremos comandados pelos interesses dos grandes conglomerados empresariais. que são absolutamente organizados. Enfrentar estes gananciosos, sem ORGANIZAÇÃO POPULAR e a Globo fazendo a doma da massa, será uma missão impossível.
 
Este repúdio à ação partidária é de uma grande ingenuidade política. Favorece sobretudo aos poderosos e fragiliza a organização do país, voltada aos interesses da maioria da população. Esta queima  generalizada dos políticos, ditada pela grande imprensa, serve apenas aos interesses da ORGANIZADA elite bilionária do Brasil e seus parceiros das grandes empresas multinacionais. Devem estar esfregando as mãos de felicidades, pelo sucesso alcançado por esta tática política, muito bem articulada 

Luiz Fernando Carceroni
Professor de Física
Belo horizonte