Paulo Roberto é Pedagogo, Sindicalista e Petista.

Minha foto
Dever cumprido é fruto da ousadia de um velho militante das lutas democráticas e sociais do nosso Brasil, que entende que sem uma interação rápida, ágil, eficiente e livre com o que rola pelo mundo, a democracia é pífia.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

NA UNIG CAMPUS V, HÁ UM QUADRO GRAVE.


Não entendi porque no meio do ano só houve um dia de vestibular, quando nas concorrentes local houve no mínimo 3 vestibulares, isso sem falar da Estácio que fez vestibular toda semana.
A sensação que tenho é de que os gestores da UNIG CAMPUS querem mesmo é que a universidade se esvazie. Não é possível tanta miopia. Bom, esse é um quadro real e imutável, a UNIG nos últimos 12 meses passou por momentos muito difíceis, nos segundo semestre de 2009 foi o esvaziamento do modelo de gestão da família Raunhetti no primeiro semestre de 2010 foi o calote dado pelos senhores Antonio José e Aloísio Gama.
O mais complicado de tudo isso é que quem paga o pato são os professores e funcionários, no segundo semestre de 2010 dos sete salários (incluo o 13º), que todos deveriam receber a grande maioria só recebeu 3. Outubro, novembro, dezembro e 13º foram para o passivo. No primeiro semestre de 2010 na gestão irresponsável dos senhores Antonio José e de Aloísio Gama teve gente que só recebeu também 3 salários, à grande maioria recebeu 4 salários devido à luta ferrenha dos professores e funcionários e da ação corajosa do Sindicato que não vacilou em criar as condições para que tal ocorresse.  
Voltando a análise do quadro atual, podemos ver apenas uma saída, comprometimento e empenho ainda maior dos professores e funcionários e abertura dos gestores para que ouçam suas sugestões.
Só os professores têm em torno de 16 milhões de passivos na UNIG, e como vemos depois de sucessivos “golpes” de gestão o modelo em vigor não funciona. É preciso que se crie um mecanismo de recuperação da UNIG principalmente aqui no CAMPUS V.
É sabido que os 50% da receita que a juíza bloqueou para pagamento dos salários não são suficientes para cobrir uma folha de pagamento mensal, e isso só melhoraria se entrassem muitos estudantes, lamentavelmente pelo que estou informado no vestibular minguado de meio de ano só se formou turma de medicina.
Ou algo acontece ou a universidade vai se transformar em uma faculdade de medicina.
O que é lamentável.

8 comentários:

  1. Guillherme de Souza Nery10 de agosto de 2010 03:09

    Caro amigo....
    Não é somente funcionários e professores que sempre se dão mal nessa história e os alunos não se encaixam nessa infelicidade?
    Lembrando que se os alunos não pagassem suas devidas mensalidades os professores e funcionários não iriam receber rsrsrs Já ia me esquecendo nós pagamos as mensalidades mas e o dinheiro pra onde vai?
    É uma pergunta que não quer calar...

    Valeu

    Espero que possam se organizar e pagar os devidos salários e honorários atrasado para o bom andamento da instituição

    ResponderExcluir
  2. Sr . Paulo após oq vivemos nesse ultimo semestre eu sabi q ninguem iria entrar nessa UNiversidade. Outra divesas Universidades não abrem turma no meio do ano. Para que abrir uma turma com poucos alunos e não ter como pagar os professores? é melhor assim msmo.
    Agora é hora oferecer um ensino de qualidade, p/ q no ´roximo semestre se possa fazer uma vestibular com alunos, pois se for feito um bom trabalho nesse periodo, os próprios alunos farão propaganda, dizendo q a universidade melhorou. A melhor propaganda é o BOCA-BOCA.
    Esperamos viver um semestre de PAZ, infelizmente colheremos frutos podres de uma greve mal sucedida.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Ao anônimo acima quero deixar só uma coisa: - Não adianta me provocar, não debato com fantasma. Só tem debate com quem se identificar.

    ResponderExcluir
  4. Não é questão de criticar e sim falar a verdade. Contra fatos, não existe argumentos. Não sou o autor da postagem acima, mas a conversa pelos corredores da faculdade entre os estudantes é mesma. "Uma Greve Mal Sucedida". Porém não irei entrar nesse mérito, não vou ganhar nada com isso e os pontos "positivos" dessa greve, me parece que caiu por terra...

    ResponderExcluir
  5. O que quer dizer "broqueou"? Não conheço essa palavra.

    ResponderExcluir
  6. Espero que haja bom senso é não acabe a intervenção na UNIG, principalmente o caixa,pois se a juiza deixar nas mãos dos donos, mais uma vez ficaremos com cara de palhaço, ou seja não receberemos o mes de setembro e outros mais.

    ResponderExcluir
  7. sou universitario do campus 1 estou indignado com instituição o primeiro semestre do ano letivo de 2010 foi o pior que passei aqui. porém o segundo me parece que será a mesma coisa, pagamos nossas mensalidades em dia que não é nada barata para desfrutamos de alguns serviço da mantedora, no qual ultimamente quando é prestado já se encontra no final do periodo academico. darei o exemplo de alguns: a grade de horarios,as indicações de salas e turmas, a grade das diciplinas e etc. o campus de nova iguaçu está me parecendo abandonado anda sujo por todas as partes, fazer uma pesquisa no campo no qual interroguei alguns funcionarios da limpeza, segurança e de alguns setores administrativo. para minha surpresa e indignação. os funcionarios da limpeza e segurança disseram que o quadro está trabalhando reduzido por falta da recargas da passagens na qual a instituição não repassar para os mesmos. no setor administrativo por falta e atrazos de pagamentos as meninas disseram que trabalham sem nenhuma voltade e dedicação. Eu não entendo como itaperuna os professores e funcionarios se unem para brigar pelos seus direitos e em nova iguaçu eles cruzam os braços na qual o maior prejudicados são os universitários que pagam suas mensalidades em dia.
    como uma instituição como essa quer sair do buraco, fala sério, vamos fazer uma administração com respeito aqueles que tem o direito adquirido.

    ResponderExcluir